Vitinho : A decepção mais cara da história

0
135
Foto : Twitter Flamengo

#SONHODEMOLEQUE

No dia 27 de julho de 2018, o Flamengo anunciava a contratação do atacante Vitinho. O jogador, revelado pelo rival Botafogo, se tornava, naquele momento, a contratação mais cara da história do clube. O Mais Querido desembolsou cerca de 10 milhões de Euros (R$ 44 milhões de reais na cotação da época) para contratar o atleta de 24 anos.

Já se passaram quase 14 meses da contratação de Vitinho e sempre me peguei com aquele questionamento “será que valeu o valor investido?”. Mas, hoje quero trazer um questionamento/debate diferente : Vitinho, hoje, é uma peça de luxo entre os reservas, é um jogador que, em um ano, foi de esperança para o ataque a opção do treinador, mesmo quando o titular da posição não joga. Será que esperamos demais dele ?

Foto : Marcos Ribolli

Início ruim

Desde a sua chegada, o ponta esquerda teve dificuldades para render o seu melhor futebol, muitos jogos irregulares e nenhum destaque. A seu favor havia o argumento de que teria chegado no meio do ano, com o time já entrosado, com calendário apertado de jogos e sem tempo para treinar e se acostumar ao elenco.

Em 2019, com o técnico Abel Braga, perdeu a titularidade, mas continuou recebendo oportunidades e não correspondendo. Até que, com a chegada do português Jorge Jesus, o que já era ruim, piorou de vez. Vitinho vem tendo poucas oportunidades e ainda por cima teve uma lesão no joelho esquerdo que o afastou dos gramados por pouco mais de um mês.

Foto : Ricardo Moraes

 

Reserva do Reserva

O fato que me levou a escrever esse texto foi a escalação do jogo do último sabado contra o Avaí. Com Bruno Henrique convocado para a seleção brasileira, o reserva imediato seria Vitinho. Mas, Jorge Jesus preferiu o menino Reinier. Com todo respeito à nossa promessa da base, mas quando o Mister prefere um garoto de 17 anos com 3 jogos pelo profissional, ao invés do garoto de Nova Iguaçu, é porque tem algo errado aí.

O nosso camisa 11 sempre foi criticado por ser um jogador displicente, sonolento em campo, que ataca bem, mas tem muita dificuldade em marcar e recompor o seu lado. Totalmente o oposto do que o nosso treinador exige dos seus jogadores. Não é a toa, a palavra que o Mister mais grita nos treinamentos e pede aos seus comandados é “intensidade”.

Vitinho como reserva do menino Reinier
Foto : Twitter Flamengo

Nenhum retorno até agora

14 meses depois da sua chegada à Gávea, Vitinho tem 60 jogos, 9 gols e 7 assistências. Números considerados abaixo da realidade de um atacante que custou caro aos cofres rubro-negros. Não há uma recordação de um jogo que ele possa chamar de seu. Aquela partida em que ele tenha sido o protagonista, chamando a responsabilidade e jogado muito, do começo ao fim. A passagem de Vitinho pelo Flamengo ainda não tem sido um completo fracasso. Porém, se não houver mais atitude, de sua parte, quando as oportunidades surgirem, seu futuro no Flamengo é incerto.

Hoje, o nosso atacante se tornou um reserva comum, uma terceira opção, como se fosse um menino da base. Um papel bem menos importante do que era esperado para quem, em Julho de 2018, era a maior contratação da história do Flamengo. A questão principal é: Vitinho é uma decepção ou nós que esperamos algo que ele não podia dar ?

Qual sua opinião rubro-negro ? Você acha que Vitinho ainda pode engrenar ? Acha ele uma decepção ? Ou acha que ele ainda pode dar retorno ? Dê sua opinião nos comentários aqui no site ou nas redes sociais.

Abraços

Gabriel Fareli

@gfareli no Twitter e no Instagram

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here