Uma vez Flamengo, Flamengo eSports até morrer

Salve, Nação eletrônica!

Se “na regata ele me mata, me maltrata e me arrebata de emoção”, neste sábado (13/04), não foi diferente ao torcer e muito pelo sucesso e primeiro título do Flamengo eSports.

Ainda está sendo difícil digerir essa derrota, essa série que mostrou e muito o quanto esse time apesar da evolução, ainda tem muito a que aprender.

Em 5 jogos contra a INTZ, um time repleto de jogadores novos, demonstraram que mesmo não sendo favoritos, foram sim superiores.

No primeiro jogo, o Flamengo demonstrou sua força e ganhou a partida mais rápida do primeiro split do CBLoL, um verdadeiro passeio, mas foi ai que começaram os problemas.

Na segunda, apesar de estar na frente, o revés perante ao maior problema da noite, chamado Envy. O meio da INTZ foi impecável com seu Ryze, repetido inclusive na terceira partida, porém o Fla em uma jogada arriscada conquistou o 2 a 1 na série.

Cabendo ao Mengão apenas mais uma vitória para fechar a série, os nervos provavelmente aumentaram, o jogo não encaixava e principalmente, os erros vistos na única derrota para a Kabum na fase de pontos, voltaram aparecer junto a outros, mas destaco aqui o Draft.

Até agora me pergunto “de onde surgiu a ideia dessa Karma para o Robô?”

Primeiro que a estratégia era sim boa, mas não naquela partida, pois ao banir o Ryze, identificando que era sim um problema, deixaram Le Blanc disponível e Envy brilhou mais uma vez.

E aí voltamos para a final contra a Ilha da Macacada, pelo circuito desafiante, e para o jogo contra a Kabum, na final do segundo split do CBLoL.

Vimos um Flamengo tradicional, pressionando rotas, destruindo barricadas e garantindo abates importantes, mas mais uma vez, como nas finais anteriores, perdendo total foco e errando nas decisões, posicionamentos, erros básicos que um jogador profissional não deveria cometer.

Vimos um Shrimp completamente diferente dos jogos na fase de grupos. Totalmente impactado por uma final, um último jogo, e por mais que todo o time do Flamengo todo tivesse mérito de estar naquela decisão, Shrimp foi o jogador mais importante para o ímpeto Rubro-negro durante toda competição.

Agora gostaria de dedicar um espaço para comentar um pouco sobre cada jogador e talvez passar uma mensagem de conforto e alívio, mesmo sabendo que a maioria das palavras nesse momento já devem ter sido ditas.

Robô – Fala, Leonardo. Quando sua contratação foi anunciada, tivemos um suspiro de esperança. Sabíamos que Jisu tinha uma mecânica excelente, mas ao mesmo tempo um jogador não se pauta apenas nisso. Precisa de experiência, cumplicidade aos companheiros de time e comunicação. Você chegou e trouxe tudo isso em sua bagagem e quando vi a Karma no topo na sua mão, fiquei triste, pois você saiu da sua zona de conforto e teoricamente não iria demonstrar toda sua mecânica de jogo. Continue pela Nação, você é um exímio jogador e estará na história do LoL brasileiro como melhor topo que eu vi atuar. Puxe a responsabilidade para você, nunca fuja de suas origens.

Shrimp – Peço que traduzam para ele, caso alguém tenha possibilidade, é claro. Você é sim o melhor jogador que atuou dentro do cenário brasileiro. Já passaram muitos outros estrangeiros e você é diferente, sua leitura de jogo frente ao nível que o cenário atingiu é simplesmente memorável. Todo jogador evolui durante a vida, você mecanicamente não precisa tanto, você já é ótimo, mas use mais essa final para trabalhar seu lado psicológico. É ruim ver todo seu potencial se camuflar nas decisões e tenho certeza que você se culpa por isso, mas lembre, existe uma Nação te abrancando e te apoiando sempre. Continue e faça história, o segundo split provará a todos o grande jogador que você é e finalmente irá coroar a quem merece e muito um título, mas se não acontecer, fique tranquilo, azar do título.

Goku – É Bruno, mais uma vez bateu na trave. Mas se alguém queimou a língua de muita gente, esse alguém foi você. Todos os lugares bombardeando você e pautando como pior que Aslan, pior que Envi, como um dos piores mid laners do cenário. Peço que respire fundo e feche os olhos para as críticas, pois se a vitória tivesse vindo, nesse momento todos estariam falando que você é bom, o brasileiro tem uma mania feia de não reconhecer méritos e apontar o dedo na cara dos outros como se fosse fácil estar no seu lugar e para eles eu peço que mostre o gráfico de dano do Corki em suas partidas, pois o próprio Aslan usou e passou fome contra você na semifinal. Trabalhe para provar a todos o seu valor, pois para nós Rubro-negros e para você, o seu valor não precisa ser desmontado, nós sabemos.

Luci – Sua primeira temporada e espero que não seja a última como suporte do Mengão. Você não carrega apenas milhões de torcedores nas costas, mas suporta o melhor atirador da história do LoL no Brasil. Não é fácil jogar ao lado do brTT como pode parecer. Como ele é o melhor, ele é sempre o ponto focal nas atenções, não só dentro do jogo mas principalmente nas derrotas e pode estar sendo muito difícil para você também. Você fez o que eu julguei ser impossível, você fez com que o Felipe evoluísse, você faz ideia disso? Quando todos apostavam que brTT estava no auge, você chegou e o fez mostrar que ele tem mais a mostrar para o mundo, você o tirou da zona de conforto e transformou em um alguém melhor, você é simplesmente incrível, não se vá! Continue a brilhar.

brTT – E agora por fim você, Felipe, ou melhor, pai. É difícil encontrar até palavras para escrever algo para você. O jogador de maior expressão do cenário, detentor de inúmeros títulos no currículo, mas a terceira oportunidade que bate na trave e sim, deve ser muito difícil apesar de toda experiência. Todo ano a mesma coisa, palavras como “aposenta” vão surgir e pelo bem do cenário e seus fãs você continua dizendo não, afinal, você ainda tem muito a mostrar para o mundo. Se o futebol tem dessas de nem sempre o melhor vencer, o LoL não seria diferente, pois você sim eram melhores, mas na final inúmeros fatores são fundamentais para erguer uma taça e de taça você entende, já foram 3 brasileiros. Não pare, nunca pare, nunca deixem que pisem no seu boot (rs). Você é um exemplo para muitos e ajudou outros muitos, inclusive este que te escreve. Há pouco mais de 2 anos perdi uma das pessoas mais importantes da minha vida, que era minha avó. Apesar de ter ao lado pessoas incríveis e que me ajudaram muito, esse cara extrovertido, brincalhão, provocador e referência para muitos, há muitos mil quilômetros de distância foi tão importante quanto. Bastava ver a notificação do celular de que sua stream estava ligada que um sorriso meio a escuridão aparecia, pois eu tinha certeza que você me faria dar risadas e amenizar a dor. Hoje eu não fiz palhaçada para talvez amenizar a sua, mas se cerque de pessoas que você ama, você tem seu time inclusive, que te ama e te apoia muito. Sabe quando um pai precisa não desmoronar frente aos filhos para passar calma e confiança? É agora que você aparece! Vá ficar ao lado deles, seja o Felipe, deixe o brTT de lado por algumas horas e faça a alegria deles. Quando esse momento acabar, assuma o brTT, chore por alguns minutos, horas ou dias, quando você sentir que tudo passou, erga a cabeça e volte ao computador, pois o segundo split te espera e o mundial também. Meu apoio continua, como o de uma Nação. Ainda sonho em te conhecer, te dar um abraço e agradecer a tudo que você fez por mim, mas por enquanto, se essa mensagem chegar a você eu já fico extramente feliz e espero MUITO que te ajude de alguma forma a superar esse momento.

Nunca desistam, time! Vocês são os melhores e são gigantes para todos nós flamenguistas.

Saudações Rubro-negras.

Cleito Jr

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here