Futebol Profissional

Supercampeão do Brasil: Flamengo conquista a Supercopa

Flamengo

Leia também: Daniel Muñoz no Flamengo?

Uma coisa é certa, o Flamengo está deixando a Nação mal acostumada. Estamos em fevereiro de 2020, e já somos campeões da Supercopa do Brasil deste ano. Nesta manhã de domingo (16), no Estádio Mané Garrinha, na capital brasileira, o Mais Querido garantiu mais um título para sua história.

Sob forte sol e intenso calor, nosso time campeão fez uma partida de muitas marcações por parte do Athletico-PR e posse de bola rubro-negra. Porém, apesar do clima, nada parou o elenco que leva para Gávea mais uma conquista.

Foto: Alexandre Vidal/ Flamengo

Primeiro tempo

O domínio de bola e a marcação foram duas características do Flamengo na primeira etapa. O time entrou com o time de grandes vencedores, composto também pelo novo zagueiro, Gustavo Henrique, que ocupou nesta partida o lugar de Pablo Marí.

Já com dois minutos de partida, a bola quase entrou com um passe de Arão. Além disso, o Flamengo já garantiu a soberania sobre o time do Paraná, o que levou o Athletico cometer 12 faltas conta o rubro-negro carioca.

Mesmo assim, o Flamengo atacou e proporcionou momentos de intenso sufoco para o elenco adversário. E foi aos 15 minutos do primeiro tempo que o Mais Querido saiu na frente. Com um lindo passe de Gabigol, Bruno Henrique abriu o placar de forma tranquila no Mané Garrincha.

Além disso, com o time entrosado não demorou muito para o Flamengo ampliar o placar. Rápido e esperto, Gabigol fez o segundo da partida após Santos, goleiro do Athletico-PR, recuar na pequena área. Com isso, já é o quarto gol do camisa 9 somente neste ano.

 

Fim do primeiro tempo. Intensidade e foco continuam sendo características intrínsecas do Flamengo.

Segundo tempo

Início da segunda etapa e já nos primeiros segundos o Athletico entrou mais ofensivo, o que garantiu ao time adversário o primeiro escanteio.

Também no início do segundo tempo, Filipe Luís foi derrubado em cima da linha da grande área, porém após consulta ao VAR, o árbitro não marcou pênalti claro para o Flamengo. Arrascaeta cobrou mas a bola bateu na trave adversária e foi desviada.

O Athletico-PR continuou concentrado e com mais intensidade deu continuidade as faltas marcadas pelo jogo ofensivo.

Mesmo assim, aos 22 minutos, Arrascaeta aumentou a vantagem. Com nosso trio de ataque, Bruno Henrique acelerou e nosso camisa 14 aproveitou o passe que ia para Gabigol na grande área. Com isso, 3 a 0 para o Flamengo.

Aos 27 minutos, o Supercampeão realizou a primeira substituição da partida, saiu Arrascaeta, e entrou Michael, com a 19.  Já nos últimos minutos, Éverton Ribeiro deu lugar para Diego. Além disso, a fim de ser poupado para os próximos jogos, Filipe Luís foi substituído por Renê , aos 43 minutos.

Fim da decisão. Flamengo pressionou e não desistiu de lutar por mais um título sob o comando de Jorge Jesus. Assim, o Mais Querido é o Supercampeão do Brasil deste ano.

 

Próximo duelo

MAIS UMA DECISÃO!! O Flamengo viaja para Quito, no Equador, a fim de disputar o jogo ida pela final da Recopa, contra o , na próxima quarta-feira (19).

A partida será realizada às 22h30 (de Brasília), no Estádio Olímpico Atahualpa.

 

PRA CIMA DELES, FLAMENGO!!!!

Por Fernanda Fernandes 

 

Fernanda Fernandes

Sou estudante de Jornalismo da Facha, carioca e tenho 21 anos. Flamenguista fanática desde a infância, é uma honra poder representar meu time fazendo o que eu amo.
"Eu nasci Flamengo, e sempre vou te amar."

Adicionar comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Colunistas

Fernanda Fernandes

Sou estudante de Jornalismo da Facha, carioca e tenho 21 anos. Flamenguista fanática...

Fernanda Fernandes

Sou estudante de Jornalismo da Facha, carioca e tenho 21 anos. Flamenguista fanática...

Fernanda Fernandes

Sou estudante de Jornalismo da Facha, carioca e tenho 21 anos. Flamenguista fanática...