SESC Flamengo Redação Rubro-Negra
As meninas do Flamengo com a taça e as medalhas de campeãs // Foto: Paula Reis - Flamengo

O SESC Flamengo conquistou o seu primeiro titulo após a a grande fusão entre Flamengo e SESC Rio.

O campeonato estadual reduzido com apenas 3 equipes foi disputado na formula de pontos corridos onde todos enfrentaram todos e quem chegou ao maior número de pontos se sagrou campeão.

O Mengão que na primeira rodada havia passado pelo Tijuca por 3 x 0, passou pelo Fluminense também por 3 x 0 em jogo que começou bem equilibrado mas que foi se ajeitando para as rubro-negras no decorrer da partida.

Escalação dos times!

O Flamengo começou a partida com Fabíola como levantadora, Lorenne oposta, Juciely e Roberta de no meio, Amanda e Ana Cristina nas pontas e Drussyla como libero.

Já o Fluminense começou a partida com Giovanna levantando, Arianne como oposta, Juli Lazcano e Fran como centrais, Julia e Mayara nas pontas e Andressa como libero.

SESC Flamengo x Fluminense 1° Set.

O Fluminense começou com um saque direcionado, e bem balanceado pra cima do Flamengo. A equipe rubro-negra bem instável no passe errava e via a estratégia do Fluminense dando certo.

Com um Fluminense preciso e um Flamengo que errava em demasia o placar foi abrindo, e o time tricolor chegou abrir 13 x 07, e depois 22 x 16.

Foi quando a meio de rede Juciely foi para o saque e não saiu mais.

A menina Ana Cristina que começou bem marcada pela equipe tricolor, passou a ter mais paciência nas viradas de bola, Juciely no saque, o passe tricolor falhando, o bloqueio do SESC Flamengo ajustado e o ataque fluindo foi o estopim para uma virada espetacular do Flamengo.

O primeiro set terminou em 25 x 22 com uma virada incrível do Mengão.

SESC Flamengo x Fluminense 2° set.

O segundo set começou bem mais equilibrado com as equipes mais ajustadas e trocando bolas.

Ana Cristina no Flamengo e Mayara do Fluminense se destacavam no inicio de set.

O set foi empatado até 10 x 10 quando uma sequencia de bloqueio do Flamengo fez a equipe abrir para 16 x 12.

Os erros aconteciam, e o começo de temporada se mostrava evidente durante a partida; até o vigésimo ponto o Flamengo já havia desperdiçado 5 pontos em erros para o Flu.

No final do set prevaleceu o conjunto rubro-negro e os 2 últimos pontos do Flamengo foram de bloqueio.

Juntando os 2 primeiros sets o SESC Flamengo já havia feito 14 pontos em blocks, sendo 7 desses só da meio de rede Roberta. Fim do 2° set 25 x 22.

3° set.

A terceira parcial também começou bem equilibrada com as equipes revesando no placar.

O Flamengo até chegou a dar uma distanciada de 3 pontos e foi sustentando até 17 x 14, quando o time tricolor se aproximou com um erro do SESC e um bloqueio do Fluminense.

A valente equipe tricolor voltou a empatar a parcial em 18 x 18, quando a levantadora Giovanna foi para o saque, e com um ataque para fora de Ana Cristina o Fluminense virou a partida.

As equipes continuavam trocando e com muitos erros, mas Drussyla fez grande defesa em bola atacada por Julia Moura e Lorene no contra ataque colocou a bola no chão.

Gabiru entrou no 24 x 22 para sacar, conseguiu um belo saque, e mais uma vez Lorenne no contra ataque fechou o set e o jogo se tornando campeão carioca 2020.

Milka, Juma, Gabiru e Lorene com as medalhas de campeãns // Foto: Paula Reis – Flamengo

Leiam também em nosso site mais um episódio da série NETFLAX!

As 2 equipes voltam a se enfrentar na taça Super Vôlei que reunirá as 8 melhores equipes da última superliga. O campeonato será em série de mata mata, e SESC Flamengo e Fluminense se enfrentam nas quartas de final já no próximo dia 28/10 as 19:30.

Redação Rubro-Negra, o site feito de torcedores, para torcedores.!