Rodrigo Caio reclama do gramado e lamenta derrota: “Precisamos levantar a cabeça”

Rodrigo Caio reclama do gramado e lamenta derrota: “Precisamos levantar a cabeça”

Após a derrota para a LDU por 2 a 1, de virada, fora de casa, Rodrigo Caio concedeu entrevista coletiva junto com Leomir e respondeu somente duas perguntas. Na primeira, o zagueiro reclamou do gramado do Estádio Casa Blanca.

Veja mais: Entrevista coletiva de Leomir após a derrota.

“Já esperávamos uma pressão muito forte. Conseguimos um gol, conseguimos segurá-los, mas acabamos tomando um gol em uma bobeira nossa. Claro que o campo ali nos prejudicou um pouco, em um campo normal a bola bateria na mão do Diego Alves. Mas não é desculpa, foi desatenção nossa. A gente voltou para o segundo tempo forte, tivemos algumas oportunidades, não claras, mas tivemos, e acabamos tomando o segundo gol. E aí ficou bastante difícil para nós. Temos que levantar a cabeça, temos mais um jogo importante contra o Peñarol fora de casa e precisamos ter o máximo de atenção para que a gente possa se classificar.”

Já na segunda, o defensor reclamou de um possível pênalti não marcado em cima de Bruno Henrique e do gol da virada.

“Segundo gol saiu em um momento chave do jogo, a gente vinha segurando bem, não saiu bem no contra-ataque. Infelizmente, quando tomamos o gol acabamos nos abalando um pouco, e no final tivemos algumas oportunidades, acredito que até um pênalti em cima do Bruno Henrique. Mas precisamos levantar a cabeça, esse jogo não volta mais, nesse momento precisamos estar fortes, nos unirmos, para que reverter essa situação.”

Veja mais: Diego critica atuação do time após a partida.

Mesmo com o empate, o Flamengo segue líder do grupo D com 9 pontos graças ao San José, que venceu por 3 a 1 o Peñarol, em Oruro. Um empate na próxima partida classifica a equipe comandada por Abel Braga.

No sábado, o duelo é contra o Cruzeiro, no Maracanã, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

Redação Rubro Negra

Redação Rubro Negra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *