Renê: Entre o céu e o inferno.

Renê: Entre o céu e o inferno.

Hoje o Flamengo tem um dos elencos mais bem recheados do Brasil. Diversos craques, jogadores muito badalados, com salários muito altos. Porém, hoje no time titular, uma das poucas exceções é a do lateral esquerdo Renê. O jogador vive uma relação de “tapas e beijos” com a torcida do Flamengo. Mas… afinal, quais devem ser os motivos dessa estranha relação?

Contratado no início de 2017, Renê chegou no Flamengo com muita desconfiança. Pois vinha de um clube menor, e nunca tinha se destacado tanto. Ainda mais que, o jogador chegou para substituir o Jorge, que naquele ano tinha sido vendido ao Mônaco, da França. Porém, seu primeiro ano no Flamengo foi marcado pelo banco de reservas, o jogador foi reserva do Trauco no ano todo.

Em 2018, Renê foi o lateral titular praticamente em toda a temporada. Além de ter sido eleito o melhor lateral esquerdo do brasileirão do último ano. Então, o jogador sempre foi muito conhecido por ser um ótimo defensor e um lateral ruim na parte ofensiva. Porém, em 2018, ele provou o contrário. Pelo campeonato brasileiro, Renê fez 2 gols e 5 assistências, além de 82 desarmes em 34 partidas. Enfim, nenhum outro lateral teve números melhores no campeonato do ano passado.

Muito foi dito que Renê só foi eleito o melhor da sua posição no ano passado por falta de opções nos outros clubes, mas será que isso é verdade?

Veja uma comparação entre o lateral esquerdo do mengão e outros laterais eleitos os melhores do ano.

 

• 2014 – Egídio (Cruzeiro)
31 jogos
1 gol
95 desarmes
3 assistências p/ gol

• 2015 – Douglas Santos (Atlético-MG)

31 jogos
0 gols
100 desarmes
4 assistências p/ gol

• 2016 – Jorge (Flamengo)

32 jogos
2 gols
67 desarmes
1 assistência p/ gol

• 2017 – Guilherme Arana (Corinthians)

32 jogos
2 gols
31 desarmes
4 assistências p/ gol

E enfim….

• 2018 – Renê (Flamengo)

34 jogos
2 gols
82 desarmes
5 assistências  p/ gol

Como deu para ver pelas estatísticas, Renê ganha de todos em assistências p/ gol. Perde apenas para Douglas Santos em desarmes .E empata com Arana e Jorge em gols, mas jogou mais partidas do que todos esses.

Mesmo apresentando números muito regulares, Renê ainda é muito criticado pela torcida em alguns jogos e em outros é tratado como o melhor lateral do Brasil. Entenda alguns dos motivos dessa bipolaridade da nação.

Um dos argumentos usados pelos críticos é a cruel comparação com outros laterais da história do Flamengo. Chegam a comparar Renê com Júnior, Leonardo, Juan, Athirson. Obviamente, Renê nunca chegou perto do nível de qualquer um desses e possivelmente nenhum lateral do Flamengo chegará um dia. Na minha opinião, usar os craques do passado, não é motivo para criticar algum jogador do presente, chega a ser covardia.

Por outro lado, quem defende o lateral, diz que ele é muito importante para a parte defensiva do Flamengo. Enfim, ele realmente é importante, mesmo sem ter toda essa presença de ataque. Mas, podemos ver, principalmente em jogos importantes que Renê vem falhando até defensivamente. O lateral é muito criticado por deixar espaços para lançamentos por trás, falhas em bolas aéreas e sua falta de velocidade que o atrapalha contra atacantes velozes.

Qual seria a solução perfeita para o problema na lateral esquerda rubro-negra?

Não é à toa que umas das posições que a torcida mais pede contratações é a ala esquerda. Há muito tempo que o Flamengo não tem um lateral de alto nível, que chegue bem no ataque e volte bem para marcar. Talvez o último tenha sido o Juan, lateral esquerdo do título brasileiro de 2009.

Nos últimos dias, vimos conversas de que o Flamengo poderia estar interessado no lateral esquerdo do Atlético de Madrid, Filipe Luís. O jogador da seleção brasileira está em fim de contrato na Espanha e já deixou claro o desejo de um dia vestir o manto rubro negro.  O lateral do time madrileno é conhecido por ser um lateral completo, com uma boa presença de ataque e defesa.

Mas.. afinal, Renê é superestimado ou subestimado?

Ao meu ver, Renê é sim um dos melhores laterais do Brasil, mas está bem abaixo do nível dos outros jogadores do Flamengo, principalmente se comparar com os jogadores ofensivos. No caso da vinda de outro lateral esquerdo com mais bagagem, Renê seria um excelente reserva. Porém, sua posição está em falta no futebol mundial e as opções que existem estão bem caras.

O lateral mesmo não sendo todo esse primor com a bola no pé, é muito seguro sem ela e tem uma vontade e garra que se sobressaem de qualquer falta de qualidade técnica. Para mim, ele é subestimado por boa parte da torcida.

Claro que ele nunca foi aquele lateral que lhe encanta os olhos de ver jogar. Porém, sempre fez o trabalho sujo, cobrindo os espaços deixados pelo Arão, ou pelos zagueiros mais lentos do ano passado. Enfim, Renê é um ponto importantíssimo para o setor defensivo do Flamengo,

Mesmo sendo irregular, hoje, a gente não tem nenhum lateral jogando mais do que o Renê no Brasil. Porém, mesmo achando ele titular absoluto hoje, acho que devemos ir atrás de outro. Seja um lateral “classe A”, como o Filipe Luís, para ser titular ou um “classe B”, como o Renan Lodi, do Athlético-PR, por exemplo, para disputar posição com o Renê. Enfim, a carência na lateral é clara, e o Flamengo tem a obrigação de ter um elenco em que todos os jogadores sejam do mesmo nível.

Obrigado por ler! Me siga (@Lucas_SilvaCRF) e siga o Redação (@Red_RubroNegra) no Twitter. Se discordou ou concordou com algo que eu disse, ou lembrou de algo que eu deixei de fora, escreva nos comentários! Críticas, contanto que educadas e construtivas, sempre são bem-vindas! SRN.

 

Lucas Silva

Lucas Silva

Completamente louco pelo Flamengo 🔴⚫

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *