FinançasFutebol Profissional

Receita da Nação supera muitos clubes no Brasil

1

Nessa ultima quinta feira, o mais querido realizou seu ultimo jogo no Maracanã em 2019. A Nação abraçou o clube de uma forma tão impar, que fizemos o seguinte levantamento: A Receita da Nação realizada em 2019, superaria a receita total de alguns clubes da série A no brasileirão?

Como foi realizado o calculo?

Para esse calculo, levamos em conta as seguintes receitas praticadas de forma direta pela torcida que são as seguinte: Bilheteria, consumo de alimentos no estádio e sócio torcedor. Para esse levantamento será considerado a Receita Bruta antes das despesas, tanto para o calculo acima, como para a Receita dos demais clubes da série A apurados em 2018, conforme noticia apurada do site Gazeta do Povo (visto que 2019 não se possui o montante total, ainda).

Conforme Borderôs dos jogos do mais querido em 2019, foram 35 ao total, o clube apresentou uma receita bruta de bilheteria no total de R$ 96,4 milhões. No que diz respeito a consumo no estádio, como, por exemplo, alimentos e bebidas,foi apurado pelo blog do Rodrigo Mattos do Uol, que o clube estima um consumo médio de R$ 3,00 por pagante nos jogos, sendo assim, realizou um faturamento aproximado de R$ 4,4 milhões. No que diz respeito ao sócio torcedor, é ciência de todos que o mesmo gerou um crescimento fora da curva na reta final da libertadores, porém como não temos, ainda o valor final do ano com arrecadação de ST, utilizamos a receita apresentada até Setembro no balanço do clube e efetuamos uma proporção para estimativa do ano, sendo assim chegamos a R$ 53,1 milhões de receita.

Arrecadação da Nação

Com esses valores, a Nação Rubro Negra vai gerar aos cofres do clube de forma direta o seguinte montante:

Natureza da Receita Valor (em milhões R$)
Bilheteria R$ 96,4
Alimentos e Bebidas R$  4,4
Sócio Torcedor R$ 53,1
Total R$ 153,9

Ranking de Faturamento dos clubes da série A em 2018

No que diz respeito ao faturamento bruto dos clubes da série A em 2018, somando os clubes rebaixados no ano referencia das receitas, só a receita gerada pela Maior Torcida do Mundo ficaria em 14° lugar, a frente de clubes como Bahia, Goias e Ceará e apenas a R$ 6 milhões de Athletico e R$ 16 milhões do Botafogo. Nesse caso, como não temos acesso a receita adquirida na final da Libertadores, essa receita não está no calculo, sendo assim, é possível que com essa bilheteria, a torcida do Flamengo venha a passar esses 2 clubes nesse “ranking”.

Posição Clube Receita
Vasco R$ 243
10° Atletico MG R$230
11° Santos R$208
12° Botafogo R$170
13° Athletico R$160
14° NAÇÃO  R$154
15° Bahia R$136
16° Sport R$105
17° Coritiba R$103
18° Vitoria R$88

Com esse levantamento podemos concluir que a Receita da Nação, A Maior Torcida do Mundo, possui um papel fundamento no planejamento financeiro do clube, uma vez que a receita gerada pela mesma é de extrema importância, vide que o total arrecadado é maior que a receita total de muitos clubes no cenário de serie A do campeonato Nacional. Esse valor tende a aumentar cada vez ao longo dos próximos anos, uma vez que o Flamengo tem a chance de a partir do ano que vez ter para si a concessão do Maracanã por 30 anos, assim como uma maior numero de jogos, tendo em vista a Recopa Sul americana e a Super Copa do Brasil no calendário de 2020.

Rafael Frizeiro Perez
Rafael Perez, contador formado pela UFRJ, pós graduado em Planejamento Tributário pela Mackenzie Rio e formando em LLM (Contabilidade e Direito Tributário) pela IBMEC e integrante do conselho deliberativo do Clube de Regatas do Flamengo. Rubro Negro graças a herança do falecido avô Perez, espanhol que se apaixonou pelo Mais Querido ao chegar no Brasil. Tem seu pai, Gabriel, como seu fiel companheiro de Maracanã.

    Invencibilidade: Mengão goleia o Avaí por 6 a 1

    Previous article

    Marcos Braz: gelo no sangue e certeza de título

    Next article

    1 Comment

    1. […] Receita da Nação supera muitos clubes no Brasil […]

    Leave a reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *