Pra ter emoção

O Flamengo cumpriu sua função social solidária. Enquanto brasileiros, não podíamos começar a estragar o Brasileirão e sequestrar a emoção logo de saída. Já basta o passeio que fizemos em 2019, espanholizando a competição. Enquanto representantes da malandragem carioca, fizemos valer a regra do “primeiro milho é dos pintos”, ou no caso, do Galo.

Como tem muita gente que encara futebol como filme policial e necessariamente tem que arrumar algum culpado, vai ter gente crucificando (de leve que o cara tem crédito) o BH por causa DAQUELE lance, uma parte olhando de soslaio para o início de trabalho do Domènec.

Já vi também uns “detetives” querendo jogar o prejuízo no colo da diretoria, por ter agilizado a volta do Carioqueta antes de todos os outros estaduais e, por consequência, ter deixado o povo com 24 dias sem entrar em campo e perdendo o tal ritmo de jogo que todo mundo gosta de falar.

Nesse ponto aí eu ACHO que se alguém não tivesse tomado a dianteira, íamos todos estar até hoje, em lives repletas de emoção, debatendo futuras possíveis datas para a retomada. Não tô julgando aqui o mérito de se já era ou não pra ter bola rolando. Caudiquê aqui não é espaço pra esse debate. Tanto que, se não tivesse bola rolando, eu ainda tava de chinelinho curtindo minhas férias e não escrevendo.

Simplificando… Perdemos uma pá de gols na primeira etapa. Se a gente guarda um podia ser diferente, se fossem dois com certeza os três pontos viriam sem nem ter emoção.

https://www.flamengo.com.br/noticias/futebol/flamengo-e-derrotado-pelo-atletico-mg-por-1-a-0

No intervalo tinha até cara de… “Ah… Os caras lá do Atlético não vão aguentar essa correria toda no segundo tempo”. E não é que aguentaram? Vi nada demais no time deles não, mas que sobrou preparo físico, lá isso sobrou.

Se tivemos muitas infelicidades de finalização lá na frente… Tivemos também a decisiva lá atrás no gol contra do aniversariante do dia. Acontece. Tanto acontece que aconteceu. E não sei se você pensou nisso, mas se no mesmo lance fosse o Lincoln essa bola não tinha entrado. Afinal, eu-sei-o-que-você-fez-no-verão-passado, não é, senhor Lincoln? Eh, eh…

Ferimentos leves. Tempo pra treinar não tem muito. Como dizem os startupeiros, o jeito vai ser trocar o pneu com o carro em movimento. Por outro lado, se o problema foi mesmo falta de ritmo, e até o Domènec disse isso na coletiva pós-jogo, o ritmo vai ser dos mais frenéticos daqui até dezembro de 21. Em breve vão estar reclamando até de excesso de ritmo.

https://redacaorubronegra.com/campeonato-brasileiro-2020-vai-comecar-como-o-flamengo-chega/

E falando em tempo, logo na primeira rodada três jogos adiados por motivos de calendário, e um outro suspenso já por conta da Covid. Ou esse campeonato não acaba, ou pelo menos não acaba até fevereiro, como previsto. Eu sou ateu, mas vocês aí podiam fazer uma roda de oração pra não ter Estaduais ano que vem. Vai que…

Como vem repetindo faz tempo um comentarista esportivo do rádio: “estão querendo botar um pé 44 em um sapato 40”. E nessa levada o sapato vai ficar cada vez mais apertado.

Bora torcer.

Isso aqui é Flamengo.

[email protected]
Facebook e Instagram: Mercio Querido
Twitter: @sorinmercio

Etiquetas

[email protected]

Com passagens como escriba pelo Site Oficial do Flamengo, pelo Globo Esporte, pelo site Falando de Flamengo, e com 365 vídeos gravados no ano de 2017, Mercio Querido se considera um renomado Passador de Pano na hora de defender Nossas Cores, além de um embuste, já que está nessa de dar pitacos desde 2010 e não entende bulhufas de futebol, sendo também um reconhecido ignorante tático. Twitter: @sorinmercio

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar