flamengo
foto: Alexandre Vidal

Não era pra tanto, era pra ser bem mais tranquilo, mas o importante é que a vitória veio. Após um primeiro tempo arrasador e fazer 3×0 no Fluminense, o Flamengo recuou, dormiu no jogo e permitiu ao time das Laranjeiras fazer mais 2 gols. No final, vitória do Mengão por 3×2 e vaga na final da Taça Guanabara garantida.

Para os próximos jogos, fica a lição de que não se pode relaxar enquanto o jogo não termina, não se pode amolecer enquanto o juiz não acabar a partida. Fosse o Fluminense um time mais competente, poderíamos ter tomado uma virada histórica. Certeza que durante a semana, Jorge Jesus puxará muito a orelha do time por causa desse jogo.

Primeiro tempo

Como favorito que era, o Flamengo começou o jogo mostrando suas credenciais, num escanteio aos 2 minutos, Arrascaeta cruzou na área e o mister clássicos Bruno Henrique subiu de cabeça para inaugurar o placar no Maracanã. O Flu estava atordoado em campo e num erro de saída de bola de Muriel, Ribeiro rolou pra Filipe Luís que quase aumentou a vantagem rubro-negra. E aos 8′, teve o gol que sempre tem, em outro erro da defesa tricolor, a bola sobrou pra Gabigol que invadiu a área e chutou na saída do goleiro tricolor. 2xo para o atual campeão brasileiro e da libertadores.

Lembrando que com o gol marcado hoje, Gabriel Barbosa ultrapassou Hernane Brocador e se torna o maior artilheiro da década (2011-2020) no Flamengo e se aproxima mais ainda de Renato Abreu rumo a artilharia do século XXI. O Fla criava diversas chances, pressionava o rival que parecia acuado e nervoso. O Fluminense não conseguia trocar três passes sem dar um chutão depois disso.

Bruno Henrique comemora junto dos reservas
Foto: André Durão / Globo Esporte

Após a parada técnica, o Mais Querido seguiu superior, porém criando menos chances de gol. Aos 39′, Gabigol passou para Arrascaeta que matou no peito e chutou de direita para a defesa firme de Muriel. O goleiro adversário foi claramente o pior do primeiro tempo, errando de tudo, com imensas dificuldades de sair jogando, criando mais chances de gol a favor do Fla que os nossos meias. O jogo foi para o intervalo com 2×0, placar até vantajoso para o time das Laranjeiras que foi massacrado por 45 minutos.

Segundo tempo

Antes do primeiro minuto, o Flu voltou disposto a mostrar que o segundo tempo poderia ser diferente.  Numa falha de Gustavo Henrique, Evanílson invadiu a área, chutou rasteiro, mas Diego Alves fez boa defesa. Com 4 minutos, realmente mostramos porque estamos em ÔTO PATAMÁ. Gabigol tocou de letra para Filípe Luis que bateu cruzado para fazer 3×0. Um golaço que mostra o quão estrelar é esse elenco do Flamengo. Jogada do centroavante passando pro lateral esquerdo marcar o gol.

Aos 15′, Nenê cobrou falta na segunda trave, Yuri desviou de cabeça e Luccas Claro diminuiu o placar. O Flamengo continuava soberano no jogo, mas o gol do Flu mostrou que o Fla não podia cochilar demais. Uma observação: segundos antes do gol do Flu, Jorge Jesus já tinha chamado e passava instruções para Diego Ribas, pois o Mister estava revoltado com alguns erros na saída de bola da defesa do Flamengo.

Gabriel finaliza na cara de Muriel a faz 2×0 para o Flamengo.
Foto: André Durão / Globo Esporte

E Flamengo dormiu no jogo de vez,  Pacheco foi lançado na direita, Gilberto cruzou e a bola sobrou para Evanílson que colocou no fundo das redes. O que se desenhava uma goleada, se transformou em jogo tenso para o Mais Querido, pois o Fluminense pela melhor campanha na Taça Guanabara jogava pelo empate. O Mengão sentiu o segundo gol do rival, e começou a ter mais dificuldades para criar chances de gol.

Aos 38′, o time das Laranjeiras teve um gol anulado pelo VAR. Depois do segundo gol tricolor, o Flamengo ficou irreconhecível em campo, tomando muita pressão do time rival, não parecia nem de longe o rolo compressor do primeiro tempo. Com um tempo de 8 minutos de acréscimo dado pelo juiz, o Fla tomou conta do campo de ataque, mesmo sem ser muito perigoso. Aos 54′, mais gol impedido dado pelo Flu, após escanteio cobrado por Nenê, Digão desviou e Caio Paulista em posição irregular fez um gol que não valeu.

Gabriel Barbosa comemora com a torcida.

Depois de tomar muita pressão desnecessária, o juiz encerrou o jogo aos 57 minutos, com vitória do Flamengo e vaga na final da Taça Guanabara garantida contra o vencedor de Boavista x Volta Redonda. O próximo jogo do Flamengo é pela Supercopa do Brasil contra o Athlético-PR, domingo as 11:00 horas em Brasília.

 

Por: Gabriel Fareli

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui