“O clima não tem sido dos melhores”, disse Arrascaeta à rádio uruguaia

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Com elenco, técnico, dirigentes sob forte pressão, depois de três jogos sem vitória no Campeonato Brasileiro, eliminações na Copa Libertadores e do Brasil, e más atuações, o meio campo do Flamengo, Giorgian Arrascaeta, concedeu entrevista à rádio do Uruguai, contando um pouco dos bastidores do clube.

O camisa 14 destacou que o time começou uma boa temporada, em 2020, no entanto não conseguiu manter a regularidade, depois da volta do futebol. A equipe, que antes parecia em uma crescente, deixou de evoluir. 

”Começamos bem o ano, mas fomos caindo. Ficamos de fora da Libertadores, Copa do Brasil e perdemos várias partidas do Brasileirão. O clima não tem sido dos melhores”, declarou à Rádio Sport 890.

Leia mais: https://redacaorubronegra.com/tentando-aparar-as-arestas-flamengo-mantem-ceni

Arrascaeta também vê com normalidade, no Brasil, a torcida protestar quando o clube não está muito bem em campo. Segundo ele, os jogadores precisam saber lidar com este tipo de situação no futebol brasileiro. 

O atleta também revelou que irá torcer para o Palmeiras na final da Libertadores, por causa do uruguaio Matias Viña (lateral do time). “Falei com o Matias Viña, dei os parabéns e agora vou torcer para ele ser campeão”, ressaltou o meio-campo do Flamengo. 

O próximo jogo do Flamengo será contra o Goiás, na segunda-feira,18, às 20h, no estádio da Serrinha. 

Para este confronto, Rogério Ceni pode repetir a escalação, mas com a possível volta de Diego Alves no gol e o desfalque de Gerson que está suspenso por ter levado o terceiro amarelo. 

Leia também: https://redacaorubronegra.com/flamengo-espera-ter-diego-alves-contra-goias/

Está Gostando do Conteúdo ? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Ultimas Notícias