Basquete

Pelo NBB confronto de gigantes e vitória na Raça!

0

O NBB teve hoje dois de seus maiores protagonistas frente a frente.

O Mengão que lidera a competição com aproveitamento de 85.0% foi a Mogi das Cruzes enfrentar a equipe da casa que se encontrava na terceira colocação com 75.o% de aproveitamento.

O FlaBasquete começou a partida com o armador Franco Balbi, Jhonatan Luz, Marquinhos, Léo Demétrio e Rafael Mineiro.

Já Mogi veio nessa partida de NBB com Fúlvio, Fuzaro, Fabrício, André Góes e Paranhos.

Antes do apito inicial as 2 equipes se perfilaram no meio da quadra e fizeram 1 minuto de silêncio em respeito aos 10 crias da Gávea, mortos no incêndio do Ninho há 1 ano atrás.

NBB FlaBasquete e Mogi em homenagem

Jogadores homenageiam os nossos 10! // Foto: Antônio Penedo/Mogi Basquete

O Jogo!

O jogo começou de forma bem equilibrada e assim seguiu todo primeiro quarto.

As defesas tentavam sobressair, mas os ataques estavam bem equilibrados.

A troca de pontos era constante, e refletia em quadra o porque das duas equipes estarem no G4.

A equipe Rubro-negra que detém o melhor defesa, não se saiu bem nesse quesito e levou 24 pontos no período. O ataque do Flamengo segurou a diferença minima fazendo 22 pontos.

O grande destaque no quarto foi Marquinhos com 8 pontos. Já por Mogi Fuzaro com 7 pontos, Fúlvio e Fabrício com 6.

2° quarto!

O inicio do segundo quarto deu uma atrasada pois um dos tacos que compõe a quadra afundou causando um desnível se tornando perigoso para o prosseguimento da partida. Pois é, uma várzea.

Com o reparo da manutenção técnica do ginásio a partida teve seu recomeço.

O Flamengo voltou para quadra com Barrera, Marquinhos, Zach Graham, Olivinha e Eloy Vargas.

O time Rubro-negro voltou mais atento na defesa, e uma roubada de bola espetacular de Zach Graham precedida de ponto colocou o Mengão na frente.

Erros infantis no período!

Porém logo depois 2 turnovers do Flamengo colocaram a equipe de Mogi novamente na frente.

A defesa das duas equipes voltaram bem melhores e o ataque encontrando dificuldades para pontuar.

Depois de levar um tocasso, Rafael Mineiro parece ter ligado o modo turbo, recuperou 2 bolas na raça para o Mengão e recolocou o time na frente do placar.

A defesa de Mogi voltou apertar, já o FlaBasquete errava bolas bobas e displicentes. Resultado no período 21 x 20 para Mogi fazendo 45 x 42 no jogo.

O cara do segundo quarto e do primeiro tempo inteiro foi o armador da equipe de Mogi Fúlvio.

NBB Redação Rubro Negra

Fúlvio destacou pelo lado de Mogi // Foto: Antônio Penedo/Mogi Basquete

Fúlvio grande destaque!

O armador fez no segundo quarto dez pontos em dez tentados, assim fazendo em todo primeiro tempo 16 pontos em 17 tentados. Aproveitamento absurdo de 94.1% nos arremessos.

Pelo lado do FlaBasquete, Marquinhos terminou o primeiro tempo com 14 pontos. Para notarmos a diferença dos 2 maiores pontuadores no primeiro tempo é só olhar para o aproveitamento. Marquinhos para marcar esses  14 pontos precisou de 26 tentativas tendo um aproveitamento de 53.8%.

3° Período equilibrado!

A volta para o segundo tempo foi com Franco Balbi, Jhonatan Luz, Marquinhos, Olivinha e Rafael Mineiro pelo Flamengo, e Fúlvio, Fuzaro, Fabrício, André Góes e Paranhos por Mogi.

Os três primeiros minutos do quarto começaram com as defesas em cima, porém com FlaBasquete certeiro nas bolas de fora do perímetro. Foram 3 no começo do quarto, com Balbi, Marquinhos e Olivinha.

Guerrinha logo pediu tempo para acertar sua equipe e Fuzaro voltou convertendo uma de 3 para equipe de Mogi. Flamengo desperdiçava bolas fáceis, com escolhas equivocadas, já Mogi parecia ligada no 22o.

O parcial do terceiro quarto terminou empatado em 14 x 14, assim fazendo no jogo 59 x 56 para equipe de Mogi. Não satisfeito, Rafael Mineiro ainda conseguiu uma falta técnica já com o quarto zerado fazendo Mogi já começar o último período com lance livre.

Último quarto com reação e vitória!

O período começou com Fúlvio convertendo o lance livre derivado da técnica e um Flamengo tentando equilibrar as ações.

O quarto decorreu equilibrado com as duas equipes com defesas bem postadas.

Muita reclamação das duas comissões técnicas em relação a arbitragem, que sendo justo, marcava as anomalias para os 2 lados.

Nos 2 últimos minutos Gustavinho deu uma acertada na defesa, e depois da recuperação de uma bola e um passe perfeito do ala Marquinhos, Rafael Mineiro converteu bola de 3, praticamente sacramentando a vitória na partida.

Rafael Mineiro FlaBasquete NBB Redação Rubro Negra

Rafael Mineiro foi o cara da última bola // Foto: Antônio Penedo/Mogi Basquete

Logo depois de mais um tempo do técnico Gustavinho, Flamengo executou mais uma defesa precisa, e o Flamengo venceu seu único quarto no jogo, sendo suficiente para trazer a vitória para o Rio.

No período FlaBasquete fez 18 x 10, vencendo o jogo por 74 x 69.

O grande destaque do quarto foi a defesa coletiva do Flamengo que voltou a funcionar, proporcionando um ataque mais equilibrado com Marquinhos marcando 4 pontos assim como Jhonatan e Eloy Vargas. Olivinha marcou 3 pontos assim como Rafael Mineiro que marcou justamente os 3 pontos que decidiram a partida.

No jogo o maior pontuador para o FlaBasquete foi o ala Marquinhos com 21 pontos.
NBB Marquinhos se destacou mais uma vez

Marquinhos FlaBasquete NBB // Foto: Antônio Penedo/Mogi Basquete

O ala/pivô Rafael Mineiro converteu 17 pontos pegando 5 rebotes e sendo um monstro no sistema defensivo.

O Pivô Eloy Vargas matou 10 bolas e pegou 5 rebotes.

O armador argentino Franco Balbi teve a maior eficiência do time Rubro-Negro com 17. O argentino terminou a partida com 5 pontos, 6 rebotes e 8 assistências. O argentino ainda roubou 4 bolas.

Franco Balbi

O Armador Franco Balbi foi líder em eficiência // Foto Antônio Penedo/MOgi Basquete

O cestinha da partida foi Fuzaro com 22 pontos. Fúlvio também se destacou metendo 21 bolas.

Com a vitória em cima de um concorrente direto no NBB o FlaBasquete se calcifica ainda mais na liderança da competição, e viaja para capital paulista para enfrentar o Paulistano as 20:00 com transmissão do DAZN.

Mogi volta as quadras na tarça para enfrentar o Minas Tênis Clube em Belo Horizonte com transmissão da ESPN as 20:oo.

Deixo aqui minha saudação a todos os familiares dos 10 meninos que 1 ano atrás deixavam esse mundo em um terrível incêndio ocorrido no Ninho do Urubu.

Peço que Deus conforte o coração de cada um de vocês e também dos meninos que sobreviveram a essa terrível tragédia.

Que a justiça seja feita, e que a sensibilidade prevaleça, afinal falamos de meninos que se foram tão cedo.

Que Deus abençoe e que a justiça faça sua parte!

 

 

 

 

 

 

 

 

Romulo Ferreira
Carioca de pai e mãe capixabas, cara família, temente a Deus. Eletricista Industrial de profissão. Flamengo por vocação! Amante de basquete, fissurado em vôlei. Admiração absurda pelo Maestro Junior, pelo campeão de tudo com o FlaBasquete Marquinhos, e pela espetacular Virna. Defensor dos esportes olímpicos, e agora, colunista do Redação Rubro Negra. "Feito de torcedores, para torcedores" 🔴⚫

Em um jogo decidido pelas teamfights, Flamengo eSports volta a vencer

Previous article

Em dia marcado por homenagens, Flamengo vence o Madureira por 2×0 e está na semifinal da Taça Guanabara.

Next article

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error

Gostou do site ? Espalhe essa onda Rubro Negra

Instagram