Swansea City v Everton - Premier League FOTO: HARRY TRUMP

Em entrevista ao Esporte Interativo, o técnico do Braga, Carlos Carvalhal, explicou os motivos de não ter aceitado comandar o Flamengo quando foi feita a proposta por Marcos Braz e Bruno Spindel.

Ele afirmou que estava decidido a aceitar, mas por resistência da família, por conta da pandemia do novo coronavírus, não aceitou. Disse que sempre viaja com seus familiares para os países onde vai treinar os clubes.

“Cada um tem seus princípios e nos meus a família está sempre em primeiro”, afirmou.

Carvalhal aproveitou a oportunidade para dizer que a conversa com os dirigentes do Flamengo foi muito produtiva e ele ficou encantado com o projeto do Rubro-Negro. Segundo ele, foi uma das melhores conversas sobre futebol que ele teve com um clube.

“Não se recusa um clube como o Flamengo, é um dos melhores clubes do mundo. Só uma circunstância especial que faz o treinador não aceitar um convite desses”, destacou o português.

Carlos Carvalhal foi um dos técnicos cotados para substituir Jorge Jesus. Na ocasião, Domènec Torrent quem aceitou a proposta de assumir o Flamengo.

Leia mais: https://redacaorubronegra.com/flamengo-anuncia-a-contratacao-do-tecnico-domenec-torrent/