Futebol Profissional

Não podemos desistir do Vitinho

0
Resultado de imagem para vitinho Flamengo
Alexandre Vidal / Flamengo

Com lesão de Arrascaeta, atacante deve voltar a ter oportunidades

Parece que flamenguista realmente não tem paz. Com a lesão e artroscopia realizada no joelho de Arrascaeta, o rubro-negro ficará um período sem contar com o talento do uruguaio. Pensamento em prováveis substitutos eu afirmo: não podemos desistir do Vitinho.

É o substituto ideal?

Analisando possíveis nomes, alguns jogadores me vêm á cabeça, a principio os nomes seriam Vitinho, Reinier, Berrio e Piris da Motta. Outras possibilidades remotas são de garotos da base, o que não acredito que vá acontecer.

Entre os mais cotados, Reinier deve se apresentar para seleção sub-17, e até que haja alguma movimentação pelo menos no jogo de volta contra o Grêmio não estará disponível.

Berrio ao meu modo de ver não agrega nada, jogador que tem disposição mas falta qualidade. Piris da Motta seria uma opção mais conservadora, porém, também deixar a desejar no quesito técnico, o meio campo perde um pouco do seu lado dinâmico.

E o Vitinho? Reconheço que ainda não emplacou com a camisa do Flamengo, mas qualidade ele tem, já mostrou isso na sua carreira. É um jogador com capacidade de quebrar defesas, fazer um algo a mais.

Apoio é fundamental

Imagina você indo trabalhar, e antes mesmo de iniciar suas atividades já ser bombardeado com criticas, pessoas dizendo que você não é capaz. A relação da torcida do Flamengo com Vitinho hoje é por aí.

Muitos já vão ao estádio com pré disposição para vaiar. Ninguém ganha com isso, quem perde é o Flamengo, dentro de campo, com o desempenho do atleta, e fora dele, afinal, o jogador é patrimônio do clube.

O torcedor, dentro de si, pode até estar desacreditado, mas não deve externar isso. Quando o time está em campo não importa quem seja, devemos fazer valer o ‘vou te apoiar até o final’.

Vitinho não desaprendeu a jogar bola, o dom está nos pés dele. Cabe a nós como torcedores dar o suporte para que haja confiança e ele possa atingir o patamar que aguardamos desde a sua chegada. Meus caros rubro-negros, não podemos desistir do Vitinho.

Leandro Conceição
22 anos, estudante de Jornalismo da UFRRJ. Apaixonado por futebol e flamenguista desde que me entendo por gente.

Hoje tem Mengão e Chape

Previous article

Pablo Marí: a descoberta rubro-negra

Next article

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error

Gostou do site ? Espalhe essa onda Rubro Negra

Instagram