Mauro Cezar Pereira: a entrada de sola do jornalismo esportivo

Mauro Cezar Pereira é a voz da clareza. Jornalista declaradamente flamenguista que não tem meias palavras. Um dos maiores críticos de futebol da atualidade.

0
1282
Mauro Cesar Pereira

HAAAAA É ISSO “MERMO”!!! Pode jogar fora os secadores, por que agora ninguém mais vai parar o Flamengo! Libertadores é nossa! Passamos [email protected]#$%&! Melhor time da libertadores! Melhor time do mundo! Ganhamos do Ajax!!!! [email protected]%#¨&! Não pera… Melhor deixar isso pra lá.

As vezes, não é fácil conter os pensamentos eufóricos dominando nossas mentes, afinal, é o nosso Flamengo! Mas, ainda bem que existe nesse universo futebolístico mais do que jogadores, torcidas e cartolas. Ainda bem que existem nós, jornalistas esportivos. Espectadores críticos da arte do futebol. Mais do que espectadores, somos influenciadores. Somos luz. Somos a entrada de sola que ninguém quer tomar. Somos todos Mauro Cezar Pereira. Hahaha. De fato fazemos parte do futebol tanto quanto um jogador faz. E, por vezes, temos a missão de contrapor idéias absurdas e mostrar os melhores caminhos através de análises coerentes. Tudo sobre a luz da verdade das informações.

No futebol, existem craques, jogadores-revelação, jogadores medianos, jogadores ruins, jogadores que chegam mais forte nas jogadas. E os que têm um pouco das melhores características, como um Ronaldinho Gaúcho, um Messi, Cristiano Ronaldo etc. No jornalismo esportivo, este seria Mauro Cezar Pereira, um dos profissionais da imprensa mais diferenciados. Se fôssemos fazer uma analogia com o futebol, poderíamos dizer que Mauro Cezar tem a habilidade do Ronaldinho Gaúcho, bate na bola como o Roberto Carlos e só chega nas jogadas como o Felipe Melo. Quase um jogador completo.

Meus caros leitores

Tenho que admitir que sou fã demais desse cara. Que coragem! Que inteligência! Que postura! Que sorriso! Hô! Falei errado… São tantos atributos que não tem como não admirar. E eu sei que nem todos flamenguistas gostam e concordam com o Mauro Cezar. Assim como tem flamenguista que admira o Pará e o Rodinei como laterais do Flamengo. Até me benzi aqui! Tem gente que gosta de sofrer, fazer o quê, não é mesmo?!

O fato é que falar do Mauro Cezar não é fácil.

O que ele tem de carreira eu não tenho de vida! Tenho até medo de um dia ouvir isso dele: “houu!? Moleque?! Me respeite, por que o que eu tenho de carreira, você não tem de vida!” e as pessoas ao meu redor tirarem um sarro maroto. Afinal, além do respeito que ele tem no meio jornalístico e todos os seus mais de trinta anos de carreira, ele também já passou por muitos canais, de diferentes veículos de comunicação de grande porte. Nem vou me atrever a citá-los, pois são muitos. Ele deve ter começado a trabalhar quando era criança, não é possível!

Hoje, atua principalmente como comentarista da ESPN, onde espero um dia trabalhar, nem que seja para limpar as mesas (meus contatos estão no meu perfil). E lá, brilhantemente, fala sobre futebol e sobre tudo o que acontece, dentro e fora de campo.

Mas, o que chama mais atenção no jeito em que Mauro Cezar comenta futebol, é que ele não tem papas na língua. Como após o jogo contra o Peñarol, onde ele disse que: “mesmo quando o Flamengo joga bem, ele joga mal”. E tá errado? Falou também do Pará e do Rodinei que, segundo ele: “não servem para ser jogadores do Flamengo”. Tá certo ou errado? Esta última afirmação diverge opiniões, mas a verdade é que não tem como aceitar jogadores com a postura do Pará e a feiura do Rodinei, é demais! Hô! Errei.. não era feiura no sentido da aparência, quis dizer com o futebol que ele vem apresentando. Mas, o Rodilindo, como ele mesmo se apresenta, não faz jus ao apelido, né não?!

Ele não se esconde

Mauro Cézar não faz parte do politicamente correto. Não fala com o jeitinho que a maioria dos espectadores de futebol estão acostumados. Manda a real. É o Roberto Carlos do jornalismo esportivo, não dá para esperar dele menos do que uma “paulada” daquelas, com efeito e que você sabe que vai atingir o alvo. Como na Copa de 2014, quando ele, por diversas vezes, criticou a postura da seleção dirigida por Felipão, assim como criticou a escolha do Felipão para a seleção. Muitos acharam absurdas aquelas críticas. Mas, o que foi mesmo o resultado naquela copa? O maior vexame da história da seleção brasileira.

Criticou também o Murici, na época em que ele assumiu o Flamengo. E o que aconteceu? Murici não conseguia fazer o time jogar bem, infartou, quase morreu e…. Nossa! Que coincidência. A escolha do Abel foi criticada por ele, o Abel também vem sendo criticado por o time jogar mal, ele também infartou e quase… Será que o Abel também vai deixar o comando do Flamengo e virar comentarista? NÃÃÃÃÃOOOO!!! Será que teremos três comentaristas que a gente não consegue entender nada do que eles falam? Chega!!! Ninguém aguenta mais o Murici e o Casagrande, agora o Abel? Será?

Será que o Mauro Cezar Pereira tem poderes especiais?

Agora tudo faz sentido, não são apenas críticas, são revelações! Profecias! Só existe essa explicação para o fato de que tudo o que ele fala acontecer. Ele deve ser uma espécie de guru do futebol. Deve ter uma ligação direta com os deuses do futebol. É isso, só tem esta explicação! Por isso as falas dele são tão sábias. Alô Abel! Se for ser comentarista, dá uma frequentada no fonoaudiólogo. Acabo de ter uma revelação! É por isso que o time tá jogando mal, ninguém entende o que ele fala. Aí, chega em campo fica cada um por si e o Arão correndo em círculos. Agora tudo faz sentido! Obrigado, Mauro Cezar, pela revelação!

E, o melhor de tudo, devo mais agradecimentos, aos Deuses do futebol. É, que esse guru, esse baluarte do jornalismo esportivo, esse profeta, só podia ser rubro-negro! E como seria diferente? Afinal, tudo de mais amado e mais odiado veste as cores do manto sagrado do Mengão! Mauro Cezar é Flamengo! E representa muito bem a torcida rubro-negra.

Haaaaaaa deixa eu falarrrrrrr!!!!!!

Salve Nação, José Cruz! SRN.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here