Futebol Profissional

Liverpool x Flamengo – O que esperar da final?

–

O Flamengo faz, em 2019, uma temporada brilhante, que está chegando ao fim. Pois, resta apenas um jogo para fechar o ano que é justamente a final do Mundial de Clubes da FIFA: Liverpool x Flamengo, em Doha, sábado, as 14:30.

Está escrito na história do rubro-negro um título desta competição, que ocorreu no ano de 1981, contra o mesmo adversário. A conquista é até mesmo cantada pela torcida nas arquibancadas, trata-se da canção “Dezembro de 81”, sempre entoada nos jogos do Flamengo, inclusive, este canto nunca fez tanto sentido como hoje.

Flamengo x Liverpool – Final de 1981.

Em 1981, o Flamengo foi campeão Mundial, diante do Liverpool, pois, goleou os adversários por 3×0. Os gols da partida foram marcados por Nunes, duas vezes, e Adílio. Zico, eterno ídolo do clube, teve participação direta nós três gols.

Desde que as equipes passará a jogar finais de Mundial de Clubes em campo neutro, o placar diante da equipe inglesa, em 1981, por 3×0, é o maior placar da história da competição, em finais.

Zico segurando a taça do titulo Mundial, em 1981.
Flamengo campeão Mundial, em 1981 – Foto: Reprodução Instagram

Flamengo no Mundial de Clubes em 2019

Após a conquista do título da Libertadores, em 2019, o Flamengo garantiu a vaga no Mundial, e fez a sua primeira partida na competição diante do Al-Hilal, da Arábia Saudita, atual time de Cuellar, ex-jogador da equipe rubro-negra.

A estreia do Mais Querido na competição veio com vitória por 3 a 1 sobre a equipe Saudita. Logo, os gols foram marcados por Arrascaeta, Bruno Henrique e o terceiro gol foi marcado contra, pelo camisa 5 Ali Albulayhi. Portanto, o Flamengo está na final, e enfrenta o Liverpool, sábado, as 14:30.

Time do Flamengo, no Mundial.
Flamengo no Mundial de Clubes da FIFA, 2019 – Foto: Alexandre Vidal.

O que esperar da final?

Apesar do ano fantástico do Flamengo, que conquistou títulos expressivos – Libertadores e Brasileiro – após a chegada de Jorge Jesus, sabe-se que o futebol europeu encontra-se desigual em relação ao futebol Brasileiro, hoje. Pois, a forma de jogar na Europa é muito mais intensa, principalmente os times da Premier League.

Vale ressaltar, também, que na Europa concentram-se uma grande quantidade de jogadores de altíssimo nível. O Liverpool, por exemplo, chega desfalcado para a final, visto que Fabinho, Lovren, Matip e Wijnaldum estão fora, lesionados. Ainda assim, não seria nenhum absurdo dizer que a equipe britânica é superior ao time Carioca. O trio de ataque titular, que deve entrar em campo no sábado, composto por Salah, Mané e Firmino possui muita técnica, velocidade e entrosamento, além de estarem acostumados a jogar campeonatos de altíssimo nível, como a própria Premier League, e a Liga dos Campeões da UEFA, que é a maior competição continental do mundo.

A equipe inglesa estreou nesta quarta (18), diante do Monterrey, do México, e venceu a partida por 2×1, com gols de Keita e Firmino. Vale destacar que o Liverpool foi a campo com apenas 3 jogadores titulares da final da Champions, que foram: Salah, Alisson, e Robertson. Mané e Firmino entraram na etapa final do segundo tempo.

Firmino comemorando o gol.
Firmino comemorando seu gol, contra o Monterrey, aos 90 do segundo tempo – Foto: REUTERS/Kai Pfaffenbach

O Flamengo, por sua vez, possui um ataque também muito poderoso, com Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol. Pois, os três juntos somam na temporada 96 gols. Contudo, o rubro-negro deve sofrer com a velocidade dos atacantes adversários, uma vez que Pablo Mari, apesar de ser um baita zagueiro, não tem como característica a velocidade, do mesmo modo o Filipe Luís. Por outro lado, o Liverpool costuma jogar com a linha defensiva muito alta, o que pode ser uma brecha muito boa para o Flamengo explorar as bolas longas para arrancadas de Bruno Henrique, assim também como o passe em profundidade.

Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol.
Arrascaeta, Gabigol e Bruno Henrique comemorando gol do Flamengo – Foto: Marcelo de Jesus

Liverpool x Flamengo, nesta final de jogo único, tudo pode acontecer. Tem jogo! Jogaremos juntos até o fim, e assim como em dezembro de 1981, “agora seu povo pede o mundo de novo”. Tua glória é lutar!

Por Fabrício Gonzaga.

Colunistas

Fabrício Gonzaga

23 anos, Salvador - BA.
Amo futebol e sou apaixonado pelo Flamengo.

Fabrício Gonzaga

23 anos, Salvador - BA.
Amo futebol e sou apaixonado pelo Flamengo.

Fabrício Gonzaga

23 anos, Salvador - BA.
Amo futebol e sou apaixonado pelo Flamengo.