ColunasHistória do FlamengoIvan Queiroz

Lendas do Time de 1981: Júnior

0
Dando continuidade a nossa série sobre os lendários jogadores da campanha de 81, aonde já falamos sobre o goleiro Raul, os zagueiros Marinho e Mozer e os volantes Adílio e Andrade, os atacantes Lico e Tita, técnicos e reservas, o lateral direito Leandro, o centroavante Nunes e hoje vamos falar de Júnior e sua participação nas conquistas de 1981.
–

Júnior

Leovegildo Lins da Gama Júnior, o Júnior foi lateral esquerdo. No entanto em sua carreira no Flamengo atuou também como lateral direito, volante e meia. Nascido em João Pessoa na Paraíba, Júnior veio pro Rio de janeiro ainda criança. Depois disso criou o hábito de jogar ‘peladas’ na praia de Copacabana. E foi numa dessas ‘peladas’, que ele foi convidado a fazer um teste nas categorias de base do Flamengo. Júnior era ambidestro e demonstrou muita técnica e habilidade. Jogador polivalente, de boa marcação e excelente passe, acima de tudo tinha grande visão de jogo. Portanto com essas características foi incorporado ao time de base do Flamengo, jogando como volante.

Início de carreira

Com apenas um ano nas categorias de base do Flamengo atuando como volante. Júnior ganhou uma chance nos profissionais, mas em outra posição, lateral direito. Depois disso ele logo se destacou, foi jogando como lateral direito que ele fez seu primeiro gol pelo Flamengo. Um gol importante contra o América em um triangular decisivo do Estadual de 1974. Em outras palavras Júnior iniciou carreira fazendo gol na conquista de seu primeiro título como profissional. Foram dois anos ainda como lateral direito, aprimorando e aprendendo os macetes da posição. No entanto foi em 1976 que Júnior se firmaria como titular do Flamengo, mas em outra posição, como lateral esquerdo. Após uma partida atuando nessa nova posição, Júnior demonstrou ser muito mais útil ao time.

Era de Ouro

Júnior era um jogador que tinha uma capacidade física ímpar. Em outras palavras, em toda sua carreira foram poucas contusões. Motivo que fez ser o jogador do Flamengo com mais partidas pelo clube. Foram 876 jogos, com retrospecto de 508 vitórias, 212 empates, 156 derrotas. Da mesma forma além dessa marca importante de jogos, Júnior é também o jogador com mais vitórias pelo clube. Além disso estão muitos títulos, entre os principais aqueles conquistados com a geração de ouro do Flamengo. Três Brasileiros (1980/82/83), a Libertadores de 1981 e o Mundial Interclubes de 1981. Na campanha da Libertadores Júnior esteve em campo em todas as partidas.

Período na Itália

Em 1984 aos 30 anos, Júnior foi negociado junto ao Torino-ITA. Ao chegar na Itália devido sua idade, ele sugeriu ser deslocado ao meio campo. Portanto foi como meia que Júnior se destacou em sua passagem pelo futebol italiano. Logo no primeiro ano, levou o Torino ao vice-campeonato. Além disso, foi eleito o melhor jogador do futebol italiano daquela temporada. Em seu segundo ano no Torino seu futebol de alto nível se manteve. Portanto mais uma boa campanha com seu clube, levou ao quarto lugar no campeonato.
Em 1987 ele se transferiu ao Pescara-ITA, clube recém promovido a primeira divisão. Júnior foi o primeiro estrangeiro a vestir a camisa do Pescara. Um bom campeonato mantendo o clube na primeira divisão. Além disso suas atuações tiveram destaque na competição e ele foi eleito o segundo melhor estrangeiro do campeonato. Portanto ficou atrás somente do alemão Lothar Mathaus. No entanto a frente de nomes como Careca, Van Basten, Gullit, Rijkaard e Maradona.Apesar de uma passagem sem títulos coletivos, Júnior teve uma participação individual de destaque no futebol italiano.

Volta ao Flamengo

–
Sua volta ao Brasil, sua volta ao Flamengo tem uma curiosidade muito interessante. Júnior conta que ainda morando na Itália, seu filho com apenas 5 anos sempre assistia uma fita cassete com suas partidas com o Flamengo no Maracanã. Portanto numa dessas vezes ele olhou para seu pai e disse: “…pô pai, quando vou te ver jogar no Maracanã?…” Júnior olhou para sua esposa e falou para arrumar as malas que estava na hora. Portanto era o momento de voltar ao Brasil e voltar ao Flamengo. Júnior chega ao Flamengo em 1989, já com 35 anos, ciente de sua condição de líder do grupo. O eterno camisa 5, recebeu a braçadeira de capitão e começou sua trajetória de retorno ao Flamengo atuando como meia.

Júnior, o Vovô Garoto

Júnior e uma geração de ouro que brilhou no futebol brasileiro

Júnior e uma geração de ouro que brilhou no futebol brasileiro

Em 1990, Júnior mais uma vez deixa sua marca de campeão no Flamengo. A conquista de um título nacional, a copa do Brasil daquele ano. Uma campanha invicta com 6  vitórias e 4 empates. No entanto outros títulos e muito mais emoção ainda estão por vir.
No Brasileiro de 1992, a última consagração de Júnior como jogador de futebol. Liderando uma jovem e promissora geração do Flamengo, Júnior era um exemplo para os mais novos, tanto dentro quanto fora de campo. Além disso, sua condição técnica dentro de campo parece ter se aprimorado ainda mais. Júnior era o líder da equipe, cobrava faltas e escanteios, colocava os companheiros na cara do gol. Em conclusão outro título no currículo e na galeria de troféus do Flamengo. Líder da equipe, Junior fez sua temporada mais goleadora da carreira. Por exemplo foram 16 gols convertidos em apenas um ano, dentre os 78 gols que marcou durante seus 19 anos de carreira. Júnior marcou dois gols nas finais do Brasileiro daquele ano. Consagrando mais uma vez sua camisa 5 na história do Flamengo.

Seleção Brasileira

–
Convocado pela primeira vez em 1976 para disputar as olimpíadas de Munique-ALE. Júnior iniciou sua trajetória com a seleção Brasileira conquistando uma medalha de bronze. Foram ao todo 88 partidas e 8 gols com o Brasil, participando de duas copas do Mundo (1982/1986). Infelizmente não houve títulos, azar do futebol. Em outras palavras sua geração foi marcada como aquela cujo futebol entrou pra história mundial, mas sem títulos para coroar. Júnior esteve presente na lista prévia da Copa de 1978, mas acabou sendo cortado. Seu momento mais importante com a seleção Brasileira foi o gol que marcou contra a Argentina na Copa de 1982. Ao receber um belo passe de Zico, Júnior com seu ‘capacete’ surgiu como surpresa, invadiu a área e bateu rasteiro, tirando do alcance do goleiro Fillol. Veja o lance:

Prêmios Individuais e Busto

Júnior e seu busto, uma homenagem do Flamengo ao jogador que mais vezes vestiu o manto sagrado.

Júnior e seu busto, uma homenagem do Flamengo ao jogador que mais vezes vestiu o manto sagrado.

Em sua carreira consagrada, Júnior recebeu muitos prêmios. Por exemplo, ele foi eleito melhor lateral esquerdo pela FIFA nas duas Copas que disputou (1982/1986). Recebeu o prêmio Bola de Prata por suas atuações nos Campeonatos Brasileiros de 1980, 1983, 1984, 1991, 1992, e Bola de Ouro em 1992. Além disso, foi homenageado com um busto no CT do Flamengo, o Ninho do Urubu. Acima de tudo, além da homenagem ele conta uma curiosidade sobre o local onde o centro de treinamento está localizado:
“…Uma honra ter meu busto na fábrica de craques do Flamengo, que é o Ninho do Urubu! Ainda mais que o terreno do Ninho foi comprado pelo Helal com a minha venda pro Torino…” afirmou.

Júnior, o Maestro

Júnior teve uma carreira brilhante, e o uma identificação ímpar com o Flamengo. Em outras palavras um rubro-negro de coração, que no Brasil só vestiu uma camisa e honrou como poucos. Entrou pra história do clube conquistando títulos e marcando uma época. Além disso ainda virou ídolo de toda uma nova geração de rubro-negros. Foram quatro Brasileiros, uma Copa do Brasil, uma Libertadores e o título Mundial Interclubes. Acima de tudo, um jogador que foi um verdadeiro atleta da bola, exemplo de pessoa e comportamento. Este é o nosso ‘Capacete’, ‘Maestro’, ‘Vovô Garoto’, o imortal camisa 5 do Flamengo.

No brasileiro, Abel Braga nunca venceu como visitante pelo Flamengo

Previous article

Homenagem ao ídolo: Juan recebe medalha Pedro Ernesto

Next article

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error

Gostou do site ? Espalhe essa onda Rubro Negra

Instagram