Jorge Jesus rescinde contrato e não é mais técnico do Flamengo

Jorge Jesus rescinde contrato e não é mais técnico do Flamengo

Jorge Jesus rescinde contrato, chega a acordo com o Benfica e deixa o Flamengo após 1 ano e 6 títulos conquistados

Inicialmente noticiado pelos jornais portugueses, Jorge Jesus comunicou, em almoço realizado na tarde desta sexta-feira (17) com o vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, a sua decisão de aceitar a proposta do Benfica e de deixar o Rubro-Negro – juntamente com os membros de sua comissão técnica.

Após semanas de rumores acerca do futuro de Jorge Jesus no futebol, o acerto final do técnico português com o Benfica ainda não havia chegado oficialmente ao conhecimento dos dirigentes do clube carioca, que também ficaram cientes de um convite realizado ao chefe do departamento médico do Flamengo, Márcio Tannure, para que o mesmo integrasse a comissão de JJ e se transferisse, também, para o Clube da Luz, em Portugal – a proposta foi rejeitada por Tannure.

Somando números impressionantes sob o comando do Rubro-Negro – incluindo seis títulos -, o Flamengo não precisará negociar com o Benfica a saída de Jesus, uma vez que o contrato recém-firmado com o treinador prevê uma multa rescisória de 1 milhão de euros – que deverá ser paga, integralmente, para que a transferência do Mister seja concretizada.

Jorge Jesus se dirige à Portugal

O próximo passo de Jorge Jesus, depois de pouco mais de um ano comandando o Flamengo, será redigir e assinar contrato com o time português, clube do qual já foi técnico e com o qual possui acordo verbal para retornar. O vínculo será de 3 anos e prevê um salário de 3 milhões de euros líquidos por temporada. O Flamengo e o Benfica se posicionaram sobre o assunto e tornaram público o futuro do português.

Confira a nota oficial divulgada pelo Flamengo:

O Clube de Regatas do Flamengo informa que, em reunião realizada na tarde desta sexta-feira (17), o técnico Jorge Jesus comunicou que, exercendo seu direito contratual, está se desligando do Clube para voltar para Portugal. Apesar de lamentar a perda de seu vitorioso técnico, o Flamengo respeita esta decisão pessoal.

Nos 13 meses que Jorge Jesus dirigiu nosso time de futebol profissional, o Flamengo teve uma performance espetacular, conquistando a Copa Libertadores (2019), o Campeonato Brasileiro (2019), a Supercopa do Brasil (2020), a Recopa Sul-Americana (2020), a Taça Guanabara (2020) e, na última quarta-feira (15), o Campeonato Carioca (2020).

Em nome de toda a diretoria e dos 42 milhões de rubro-negros que formam a Maior Torcida do Mundo, o nosso maior agradecimento a ele e toda sua comissão técnica por tudo o que foi feito e o nosso desejo que continuem mantendo o enorme sucesso como tiveram conosco.

O Flamengo, seguindo o que seu hino preconiza – e que tão bem Jorge Jesus representou – continuará no seu objetivo de sempre: Vencer, vencer, vencer!

Veja também: Flamengo deve participar de torneio amistoso em Brasília antes do início do Campeonato Brasileiro

Avatar

João Argento

Estudante de Jornalismo na Universidade Cândido Mendes e graduando de Cinema e Audiovisual na Universidade Federal Fluminense. 21 anos.