Jorge Jesus elogia desempenho do Flamengo, mas diz: “Não saio satisfeito”

0
81
MARCELO ANDRADE/ESTADÃO CONTEÚDO

Na entrevista coletiva após o empate em 1 a 1 com o Athletico Paranaense, na Arena da Baixada, Jorge Jesus alegou que não saiu satisfeito, mas admitiu que o resultado foi melhor para sua equipe.

“Não saio satisfeito com o empate, mas na primeira parte da eliminatória é um resultado que serve mais ao Flamengo. Viemos com uma ideia de jogo para poder disputar aqui e ganhar. Adotamos um sistema de jogo com muita autoridade e focado nas saídas do Bruno (Henrique) e do Gabi (Gabigol). Falta ainda um jogo e teoricamente foi um resultado melhor para o Flamengo.”

O JOGO

“Foi um jogo com uma intensidade muito alta, equipes com velocidade de jogo enorme. A grama sintética permite que o jogo tenha uma velocidade onde o gramado não tem. Foi um jogo bem jogado técnica e taticamente pelas duas equipes. No âmbito defensivo não foi fácil. O Athletico é um time que trabalha há vários anos. Tivemos dificuldade de segurar o lateral-esquerdo no início. Todas as marcações do árbitro foram bem assinaladas e quero dar os parabéns para equipe de arbitragem.”

ARBITRAGEM

“Todas as decisões importantes do jogo o árbitro teve decisões que já vi (na TV). Não tenho conhecimento dessa jogada sobre o Diego Alves. Lembro dela, mas não tenho uma opinião para responder a pergunta.”

LINHAS ALTAS

“Temos uma ideia de jogo defensivo onde as linhas jogam muito próximas. Mas querer é uma coisa, fazer é outra. Já passamos a ideia, trabalhamos em cima disso. E hoje esteve mais ou menos. Não esteve perfeita. A segunda linha não trabalhou muito bem. Mas se vocês perceberem porque três gols do Athletico foram invalidados, foi exatamente por esse posicionamento da última linha.”

ENCENAÇÃO DE GABIGOL

“É uma pergunta pertinente e inteligente. Mas é isso. Temos que saber respeitar uns aos outros e respeitar o público, que ver o justo do jogo. E foi o que se viu com o VAR, que está a valorizar mais as verdades esportivas e que o jogo não seja interrompido. Vou fazer meu trabalho com os jogadores.”

ARÃO DE PRIMEIRO VOLANTE

“O princípio do Arão sempre foi ser um primeiro volante e com o tempo foi avançando. Temos que ver o que é um primeiro e um segundo volante em características individuais, e o vejo como primeiro volante. Faz as duas funções. É um jogo com a intensidade e a característica muito alta.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here