Garra Rubro-Negra: Fla/Marinha derrota o Flu

Garra Rubro-Negra: Fla/Marinha derrota o Flu

Superliga de Vôlei: A estréia do Flamengo na elite!

Garra e acima de tudo supremacia. Fla/Marinha abriu uma boa vantagem no último domingo (10). Por 1 a 0, as Meninas da Gávea fizeram história no Campeonato Carioca Feminino. Isso porque é a primeira vez que o título estadual é decidido em um Fla x Flu. Além disso, as duas equipes são compostas por duas características importantes.

As Meninas da Gávea possuem o melhor ataque do Campeonato. Visto que em nove jogos, foram oito vitórias e apenas uma derrota, com 131 gols feitos e 6 sofridos. Já a equipe do Fluminense conta com a melhor defesa, com oito vitórias e um empate, somando 83 gols e 3 vindos de times adversários.

O time Rubro-Negro

A partida contou a nossas jogadoras Kaká, Raquel, Andressa, Daiana e Fernanda Palermo; Bia Menezes (Camila), Gaby (Flavia) e Ana Carla; Larissa (Karen), Rafaela Barros e Raiza. Elenco comandado pelo técnico Ricardo Abrantes.

garra comemoração meninas
As Meninas da Gávea foram em busca da merecida vitória, em Laranjeiras. Foto: Reprodução/Twitter
O jogo

A partida aconteceu no Estádio Manoel Schwartz, às 10h, em Laranjeiras, na zona sul do Rio de Janeiro, marcando o jogo de ida da final do Campeonato Carioca Feminino. O primeiro tempo de bola em campo, foi constituído por algumas oportunidades das nossas meninas. Apesar do domínio de jogo, o Mais Querido não conseguiu balançar as redes.

Na reta final, o duelo ficou disputado e com bons lances para ambas as equipes. Por consequência, já nos acréscimos do segundo tempo, Daiana foi expulsa deixando o Fla/Marinha com uma jogadora a menos.

Porém, foi aos 49 minutos da segunda etapa, que Ana Carla cobrou um belo escanteio para Raiza, que com garra, se antecipou, para cabecear e nos presentear com a vitória no primeiro jogo da final do Carioca Feminino.

garra raiza comemoração
Raiza comemora o gol que deu ao Mais Querido a vantagem na final do Campeonato. Foto: Marcelo Cortes/CRF

Mais uma vez, o resultado foi fruto de raça, garra e dedicação por parte da Meninas da Gávea, que ao longo deste Campeonato, tem evoluído a fim de merecer o título deste ano.

Para o técnico Ricardo Abrantes, é preciso melhorar

Por outro lado, apesar da vitória de 1 a 0 para o Fla/Marinha, o técnico da equipe, Ricardo Abrantes não ficou satisfeito com o resultado. Em entrevista a página Dibradoras, do portal UOL, o comandante pontuou seu descontentamento. “Não jogamos bem. Nosso time demorou para entrar e o meio não funcionou. Mas na bola parada conseguimos decidir o jogo, pela qualidade das nossas atletas”, contou Ricardo.

O técnico ainda criticou as condições do gramado do Estádio Manoel Schwartz, afirmando que grama estava alta. Além disso, Ricardo disse que o campo dificultou nas cobranças dos escanteios durante o jogo. “Mas agora a decisão é em casa, com o gramado bom, e elas serão obrigadas a sair para o jogo, não dá para ficar na retranca”, afirmou.

O próximo duelo que marcará a decisão do Campeonato Carioca Feminino e terá entrada franca para o público, será no dia no próximo sábado, dia 16, às 10h, no Estádio Luso Brasileiro, na Ilha do Governador. Portanto, devemos apoiar nossas Meninas para que nessa reta final, a Taça do Carioca tenha uma nova casa, a Gávea.
Fernanda Fernandes

Fernanda Fernandes

Sou estudante de Jornalismo da Facha, carioca e tenho 21 anos. Flamenguista fanática desde a infância, é uma honra poder representar meu time fazendo o que eu amo. "Eu nasci Flamengo, e sempre vou te amar."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *