Iiiiiihhhh… Cadê aquele Flamengo que deixou a gente mal acostumado desde a chegada do Jorge Jesus? Não é esse aí que a gente viu na quarta passada e na tarde desse domingo. Se é o efeito Benfica, a chatice de testar pro Corona dia sim e o outro também, a falta da Nação incendiando na arquibancada… Sei lá. Mas que tá esquisito, lá isso é bem verdade.

Começou estranho com a escalação meio torta que o Mister escolheu. Mas uns 5 segundos antes da bola rolar, Passador de Pano que sou com ampla experiência na função, já tava achando até certo.

Era jogar só bem no primeiro tempo, sair na frente e, como diria a Torcida Jovem, no segundo seria só “soltar os bichos de uma vez”, aproveitar o cansaço do fluminenCe, e liquidar essa fatura sem depender muito do segundo jogo.

Até que a metade desse “prano” aí fluiu. Na primeira etapa a gente jogou mal, mas pelo menos jogou. Faltou até isso na decisão da Taça Rio. E nosso gol foi com a cara daquele Flamengo que eu requisitei no parágrafo inicial desse nosso papo. Toca daqui, toca dali, toca de lá… E reverência do Pedro pra abrir o placar no Clássico.

Só que no segundo tempo as coisas não foram exatamente o que poderia se esperar. O pacotão de substituições com a entrada de Gerson, Everton Ribeiro e Michael, tudo de uma vez, era pra incendiar o jogo. Mesmo porque o fluminenCe ameaçava mais. Tanto antes do gol do Evanilson como depois, obrigando o Diego Alves a uma boa sequência de defesas.

A nossa… Eu não diria sorte, porque ninguém tem um elenco desse baseado em sorte. A nossa… Salvação, chamemos assim, é que o que faltou de capricho e/ou competência do lado de lá, sobra e muito no Nosso Flamengo. Lançamento de uns 40 metros, mais um quilômetro de arrancada do GabiGarçom e arremate certeiro do Michael que fez a gente até lembrar do Lincoln. Eh, eh, eh…

Mais um pequeno punhado de finalizações deles… E uma expulsão pra lá de confusa do Gabigol (que deu chance pro azar também, né?) ao apagar das luzes.

Somando tudo isso aí explanado acima, que eu fiz até com cara de pós-jogo sério, só pra poder perguntar em Caps Lock…

­https://www.flamengo.com.br/noticias/futebol/flamengo-vence-o-fluminense-por-2-a-1-e-abre-vantagem-na-final-do-carioca

­

CADÊ A PORRA DO MEU FLAMENGO AVASSALADOR????

https://redacaorubronegra.com/carioca-2020-flamengo-abre-vantagem-na-final-e-ganha-do-flu-por-2-a-1/

Fomos justos, quando definido quem nos enfrentaria na Final da Taça Rio, com todo o nosso oba-oba. Até mesmo por tudo (nada) que o fluminenCe (não) apresentou desde o retorno do Carioqueta contra a nanicada, incluindo o Botafogo no pacote.

Nosso massacre não aconteceu na quarta. Por conta própria adiamos para esse domingo. Não rolou de novo. Agora, logo após o jogo, apesar da vitória, “nóis tudo” ainda tá meio perplexo. Mas já a gente adia de novo para a próxima quarta a nossa partida com superioridade inquestionável.

E torno a dizer. Se só jogar, até basta pra ganhar de novo. Mas não seria de bom tom adiar para 9 de agosto o início dos atropelamentos com os quais esse Flamengo nos acostumou.

Bora torcer.

Vencer FLA-flu é normal.

Tão normal que nem precisa jogar bem.

Isso aqui é Flamengo.

[email protected]
Facebook e Instagram: Mercio Querido
Twitter: @sorinmercio