Foto: Alexandre Vidal, Marcelo Cortes e Paula Reis/Flamengo

PRIMEIRO TEMPO

O Flamengo começou a partida com a intensidade de sempre mas não conseguiu furar o bloqueio do Corinthians, pelo menos nos primeiros 30 minutos de jogo.

O Corinthians tinha mais finalizações mas também não assustava a zaga do Flamengo. Com muita posse de bola e calma para definir os lances, Everton Ribeiro deu bom passe para Arrascaeta que chegou primeiro que Cássio e foi derrubado na área, pênalti para o Flamengo. O camisa 27, Bruno Henrique, foi para a cobrança, Cássio defendeu a cobrança mas no rebote Bruno empurrou para o fundo das redes.

Um minuto após o gol, Gerson deu ótima bola para Bruno Henrique, que saiu cara a cara com Cássio, dessa vez com um toque sutil na bola ampliou a vantagem para o Flamengo que foi para o vestiário com a vantagem de dois gols no placar, em um primeiro tempo bastante equilibrado até os 35 minutos de jogo.

SEGUNDO TEMPO

O Flamengo voltou com a mesma intensidade e foco na partida, com uma alteração, Reinier deu lugar a Vitinho. E com menos de 1 minuto de bola rolando, ele mais uma vez, Bruno Henrique marca o terceiro do Flamengo e o terceiro dele na partida. Aos 4 minutos, Arrascaeta encontra Vitinho na área,que tocou na saída do Cássio, a bola foi saiu na linha de fundo.Jogada muito parecida com o terceiro gol do Flamengo.

O Corinthians foi atrás do seu primeiro gol e aos 6 minutos, Pedrinho encontrou Mateus Vital na área que de cabeça diminuiu para o Corinthians, a bola passou entre as pernas do Diego Alves e morreu no fundo das redes. O jogo passou a ficar um pouco mais equilibrado após o primeiro gol do Corinthians, que se atirou para o ataque em busca do empate deixando o jogo mais aberto.

Aos 21 minutos, Vitinho, arriscou de fora da área e marcou um belo gol de perna esquerda, sem chances para o Cássio. Após o quarto gol rubro-negro, Cássio e Fagner pediram substituição ao mesmo tempo, alegando lesão. Depois do quarto gol o Flamengo seguiu impondo seu ritmo de jogo, com posse de bola e esperando o melhor momento para definir suas jogadas.

Diego voltou a campo, aos 32 minutos, Mister tirou o Arrascaeta e colocou o camisa 10, que após se recuperar de lesão entrou pela segunda vez na equipe do Jorge Jesus. O Flamengo trocou muitos passes, envolvendo o adversário com menos intensidade, consequência do calor que fez no Rio de Janeiro, e levou o placar de 4×1 até o fim do jogo.

Com mais de 62 mil pessoas no Maracanã, o mais querido conquistou mais uma vitória, foi a vigésima segunda vitória do Flamengo no campeonato, somando 71 pontos, oito de vantagem para o Palmeiras, segundo colocado.

PRÓXIMOS CONFRONTOS

O próximo compromisso do Flamengo é contra o Botafogo nesta quinta, 7, às 20h, no Engenhão.

Por: Lucas Porto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui