Flamengo eSports não segura a PRG e se complica no CbLoL 2020

Flamengo eSports não segura a PRG e se complica no CbLoL 2020

O Flamengo eSports perdeu pela terceira vez seguida e caminha a passos largos para fora dos play-offs. O time carioca não segurou a PRG que dominou o jogo e todas as lutas em Summoner’s Rift. Segue a escalação de hoje: Bankai de Jayce, Ranger de Volibear, Goku de Syndra, Bvoy de Kaisa, Luci de Leona.

O first blood veio para a equipe da PRG em cima do suporte flamenguista. A resposta do Flamengo veio imediatamente na rota do meio com um gank rubro-negro que rendeu um abate. Na luta pelo primeiro arauto, a PRG levou o atirador do Flamengo e conseguiu o objetivo. O time carioca aproveitou para fazer o primeiro dragão do jogo, das nuvens, para voltar mais forte ao jogo.

Novamente, o atirador flamenguista voltou morto para a base em uma jogada que desceu todos os jogadores da PRG. A PRG não perdoou o Flamengo e, mais uma vez, conseguiu uma kill em cima do suporte flamenguista. O segundo dragão do jogo, da montanha, vestiu o manto da PRG que, com uma enorme vantagem a frente, partiu para levar o arauto também. Entre pegar o arauto e manter a torre do meio em pé, o atirador da PRG foi abatido juntamente com a torre.

Enquanto o Flamengo tentou se reerguer com pick offs, a PRG correu para mais um dragão, o infernal. Uma teamfight estourou na rota do meio e o Flamengo levou a melhor, com o atirador crescendo aos poucos e machucando com as skills. O mid laner flamenguista foi pego sozinho perto do covil do barão e a PRG levou mais dois rubro-negros, aumentando a vantagem de ouro e de mapa. O time todo da PRG desceu para o dragão e o Flamengo acompanhou, porém perdeu dois jogadores e também o objetivo.

O caçador flamenguista roubou o dragão infernal após o time todo ter sido dizimado pela PRG. Tentando voltar ao jogo, o Flamengo eSports iniciou uma teamfight em maior vantagem numérica na rota do meio, mas deixaram o atirador da PRG batendo sozinho e perderam a luta e o barão.

A alma infernal ficou para a PRG e, por mais que o Flamengo tenha ganhado algumas lutas finais, o top e o mid laner da PRG levaram a base em poucos minuto, deixando o time carioca sem reação do outro lado do mapa. GGWP PRG!

Taíne Correa

Taíne Correa

Jornalista, paulista e, para acabar com a rima, jogadora de League of Legends.