Guia do Brasileirão 2019: Flamengo entra forte na briga pelo título

Preparamos um guia do Brasileirão para dar à você, torcedor rubro-negro, as informações que você precisa para torcer pelo hepta do Mengão!

0
254
Alexandre Vidal/ Flamengo

Fala Nação! Nós, do Redação Rubro-Negra, não poderíamos deixar nossos leitores sem um bom Guia do Brasileirão 2019 falando sobre o nosso querido Flamengo. Aqui você verá um retrospecto da temporada passada, expectativas para esse ano, destaques do elenco, jogadores que podem surpreender e muito mais. Acreditamos que esse informativo possa levar muita informação e esperança ao torcedor rubro-negro.

Alexandre Vidal / Flamengo

Temporada 2018

Após a conturbada saída do treinador colombiano Reinaldo Rueda, o Flamengo começou a temporada com o mesmo técnico que foi campeão Mundial em 1981, Paulo César Carpegiani. O time começou muito bem o Campeonato Carioca, com os talentosos garotos da base. Entretanto, o time acabou sendo eliminado nas semifinais para o Botafogo. Após essa derrota, o treinador foi demitido.

Na Copa Libertadores, ainda com Carpegiani no início da competição, o time foi bem na fase de grupos – que contava com River Plate, Emelec e Santa Fé – e avançou as oitavas de final da competição continental. Já com Maurício Barbieri no comando, o Flamengo se classificou na segunda colocação do grupo. A equipe carioca enfrentou o Cruzeiro, que tinha sido líder do Grupo E, que contava com Racing, Vasco e Universidad de Chile. No Maracanã, os mineiros venceram por 2 a 0. Já na partida de volta, o Flamengo venceu por somente 1 a 0 mas nada adiantou. Acabou sendo eliminado da competição.

Outro torneio mata-mata muito importante no calendário do Flamengo foi a Copa do Brasil. Por estar disputando paralelamente a Libertadores, a equipe entrou no campeonato já nas oitavas de final. O rubro-negro eliminou a Ponte Preta nas oitavas e o Grêmio nas quartas. Nas semifinais, enfrentou o Corinthians e acabou sendo eliminado com uma dolorosa derrota fora de casa, com um gol sofrido nos minutos finais. Mais um treinador demitido. Dorival Jr foi contratado para assumir até o fim da temporada.

Já pelo Campeonato Brasileiro, a equipe alternou momentos bons e ruins durante o ano e terminou a temporada na segunda colocação, com 72 pontos (21 vitórias, 9 empates e 8 derrotas). O Palmeiras fez um campeonato impecável e acabou ficando com o título.

Reforços para 2019

Para esta temporada, o Flamengo investiu muito pesado e fez a maior contratação de sua história. Trata-se do uruguaio Giorgian De Arrascaeta, que estava no Cruzeiro. A negociação custou em torno de 13 milhões de euros (R$ 57 milhões, na cotação atual).

Alexandre Vidal / Flamengo

Além do meia, a equipe carioca conseguiu o empréstimo de Gabigol, artilheiro do brasileirão 2018, até o fim de dezembro, junto com a Inter de Milão. O Flamengo está pagando o salário integral do atacante.

Não para por aí! A diretoria ainda reforçou a zaga com a contratação de Rodrigo Caio, ex-São Paulo. O zagueiro de 25 anos, assinou até 2023 e custou cerca de R$ 22 milhões. Para fechar a lista, o rubro-negro assinou com Bruno Henrique, que estava no Santos. O atacante custou R$ 23 milhões.

Título do Campeonato Carioca

Por mais que, para a torcida, o Campeonato Carioca seja ultrapassado e inútil no calendário de um clube de futebol, o torneio serve para dar ritmo de jogo ao elenco e acaba sendo uma forma concreta do treinador encontrar a formação ideal para usar durante a temporada.

Até o momento, Abel Braga conseguiu usar bastante o elenco e conquistou o título estadual sobre o Vasco, dando moral para o restante do ano.

Alexandre Vidal / Flamengo

Provável escalação no Brasileirão

Se Abel Braga não mudar de ideia e mantiver a base que vem sendo usada desde quando assumiu o Flamengo, esta será a escalação do time considerado titular durante boa parte da temporada. No banco, o treinador ainda conta com bons nomes. Destaque para: Diego, Vitinho, Berrío e Piris da Motta.

Diego Alves; Pará, Léo Duarte, Rodrigo Caio, Renê; Cuéllar, W. Arão; Arrascaeta, Everton Ribeiro, Bruno Henrique; Gabigol.

Destaques

Não poderia ser diferente. Os destaques do elenco estão na parte ofensiva, com exceções de Diego Alves, Rodrigo Caio e Cuéllar. O volante cão-de-guarda do Flamengo é o pulmão desse time. O colombiano está em todas as partes do campo. Impressionante! Mas é claro que os destaques principais ficam por conta de Arrascaeta, Gabigol, Bruno Henrique e Everton Ribeiro.

Alexandre Vidal / Flamengo

Quem pode surpreender

Aqui nesse tópico abro espaço para jogadores que podem surpreender com boas atuações durante o ano. Irei falar de somente três, que são queridos pela torcida, mas ainda precisam se firmar e ganhar sequência. São eles: Berrío, Vitinho Piris da Motta.

No primeiro mês de 2017, o Flamengo anunciou Orlando Berrío. O atacante tinha sido campeão da Libertadores no ano anterior pelo Atlético Nacional. A negociação custou cerca de R$ 11 milhões, com um contrato de quatro anos. O colombiano vive sofrendo lesões – chegou a ficar 1 ano parado por conta de um grave problema no joelho. Talvez o único momento de destaque tenha sido no drible que originou a assistência para Diego marcar o gol decisivo na semifinal da Copa do Brasil de 2017 contra o Botafogo.

Em 2018, Vitinho foi comprado do CSKA Moscou para substituir a jóia Vinicius Jr., que tinha acabado de se transferir para o Real Madrid. Chegou com status de maior contratação da história do clube (R$ 45 milhões) na época e fez algumas partidas como titular. Porém, sem brilhar, perdeu espaço e iniciou diversos jogos no banco de reservas.

Alexandre Vidal / Flamengo

Já o volante paraguaio, foi contratado junto ao San Lorenzo-ARG, por cerca de R$ 25 milhões. Mas esse já veio “sabendo” que teria Cuéllar como um concorrente pesado na posição. O colombiano é muito querido pelo time e principalmente pela Nação, e dificilmente seria barrado. Justamente por isso, atuou poucas vezes e ainda não justificou o valor pago.

Treinador

O Flamengo iniciou 2019 com um novo treinador. O nome da vez para comandar o rubro-negro carioca é Abel Braga. Abel coleciona passagens marcantes por Internacional e Fluminense, onde conquistou Libertadores e Mundial de Clubes pela equipe gaúcha; e um Campeonato Brasileiro pelo tricolor.

É a segunda passagem do treinador na Gávea. Em 2004, ele assumiu o Flamengo e conquistou apenas a Taça Guanabara e o Campeonato Carioca daquele ano. O comandante também conseguiu colocar o Fla na final da Copa do Brasil, mas acabou perdendo o título de uma forma surpreendente para o Santo André, em pleno Maracanã.

Abel Braga estava sem clube desde quando pediu demissão do Fluminense, em junho de 2018.

Alexandre Vidal / Flamengo

“O Maraca é nosso!”

Agora, essa expressão não ficará somente no canto da torcida, ela também foi para o papel. Após a saída da empresa que administrava o estádio, Flamengo e Fluminense formalizaram uma parceria e assinaram um acordo de seis meses com o Governo do Estado do Rio de Janeiro e serão responsáveis pelo Maracanã durante esse tempo.

Em 2018, o Flamengo teve a melhor média de público do Brasileirão (47.139). Já nesta temporada, a torcida rubro-negra promete manter a média ou até mesmo bater o recorde. Até o momento, em 12 partidas disputadas com mando de campo, a média de público é de 45.002 pessoas.

Tirando o fato de jogar bem melhor ao lado de sua torcida, que marca presença em todos os jogos, o Maracanã é a casa do Flamengo.

Alexandre Vidal / Flamengo

Conclusão: Vamos brigar pelo título do Brasileirão!

Em 2019, o Flamengo entra forte, novamente, na briga pelo título do Brasileirão. É, sem dúvidas, um dos candidatos a levantar o troféu em dezembro. Se Abel Braga souber usar os jogadores certos, nos momentos certos, a Nação terá motivos de sobra para ficar feliz nesta temporada.

Tem elenco para isso. As contratações milionárias não foram em vão, nem podem ser. Elas precisam e devem dar resultados. A torcida rubro-negra cobra com razão. Grandes investimentos estão sendo feitos desde 2016 e até agora só foram conquistados dois estaduais. O Flamengo quer e precisa de um título com maior relevância para acalmar a torcida, motivar os jogadores e ser ainda maior no cenário nacional e internacional.

Rumo ao título do Brasileirão!

SRN!

Por Enzo Siciliano

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here