BasqueteColunasEsportes OlímpicosRômulo Cunha

FlaBasquete: Um time em formação!

1

O FlaBasquete nos deixou bem mal acostumados com seus diversos títulos e campanhas impecáveis.

Contudo estamos acostumados a chegar no final das temporadas e ter um time brigando e ganhando os títulos mais importantes do país, e geralmente fechando com chave de ouro papando o título do NBB.

Em 2014 certamente foi o apse do nosso FlaBasquete, onde a equipe conquistou em um espaço curto de tempo NBB, Liga das Américas e Mundial.

Mas a realidade mostra que o início das temporadas para nosso basquete sempre são de adaptação.

Na temporada passada terminamos a fase de classificação com apenas 4 derrotas, em 26 jogos, assim com um absurdo aproveitamento de 78,57% de vitória nos jogos.

FlaBasquete: Inicio complicado no NBB 11

FlaBasquete NBB 11

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Mesmo assim, no começo da temporada conseguíamos ouvir chiados nas arquibancadas, e até mesmo de meios influenciadores, de que o time ganhava mas não conseguia convencer.

Aliás o primeiro revés daquele campeonato foi contra o Pinheiros, time que historicamente sempre bate de frente com o FlaBasquete.

O Mengão jogou em casa naquela ocasião, mas foi derrotado por 61 x 74, em um jogo onde a defesa do Pinheiros foi absolutamente impecável.

Das 4 derrotas do FlaBasquete, essa certamente foi de longe a partida em que a equipe menos pontuou, e mais ficou acuada durante a fase de classificação.

Com efeito dessa vitória o Pinheiros assumia a liderança, e deixava uma grande desconfiança do lado da torcida com aquela pergunta: “Será que esse elenco tem força para encarar equipes com mais catimba?”

Em suma no inicio daquela temporada haviam chegado o treinador Gustavinho. Os campeões pelo paulistano David Nesbitt, Jonathan Luz, Deryk Ramos. Ao mesmo tempo o argentino Franco Balbi, o armador Davi Rossetto, vindo do Basquete Cearense.

Ainda chegaram o ala armador Kevin Crescenzi vindo da Liga Sorocaba assim como Rafael Mineiro do Franca.

Ou seja, um time completamente reformulado, precisando se ajustar ao novo comandante que chegava com o status de atual campeão, mas que enfrentaria uma torcida absolutamente exigente.

Assim sendo, das caras conhecidas apenas Marquinhos, Olivinha e o pivô Anderson Varejão continuavam no time da temporada anterior.

Derrotas contundentes, mas com aprendizado! 

Já na quarta semana a equipe sofreu o 2° revés na competição. Dessa vez jogando em um Pedrocão lotado o FlaBasquete foi derrotado pela equipe de Franca por 77 x 84.

Em partida que mais uma vez valia assumir a liderança, o Flamengo deixou escapar a vitória na casa do adversário, e consequentemente fez a torcida torcer o nariz em uma partida decisiva.

O FlaBasquete ainda perderia na 5° semana para equipe do Paulistano. Mas a partir dessa derrota a equipe começou a se encontrar, ou a jogar de forma mais entrosada.

Não tem como uma base inteira ser mudada, e o time não sentir essa diferença vindo contra times mais compactos, fazendo partidas mais duras na pré temporada.

Ademais os paulistas tem um campeonato local espetacular com equipes muito mais fortes e que vai servindo pra testar seus planteis para competições futuras.

O FlaBasquete veio se estruturando no meio da competição, e teve a prova de fogo no torneio super 8 onde foi testada ao máximo e se saiu da melhor maneira possível desse teste.

A equipe passou pelo Minas tênis Clube nas quartas de finais, pelo Botafogo nas semifinais e pelo Franca em partida dentro do Pedrocão na grande final conquistando assim o torneio e alcançando um novo patamar como equipe.

FlaBasquete

Foto:Marcelo Cortes/Flamengo

No NBB o FlaBasquete ainda perderia para o Pinheiros novamente na 11° semana, sendo a ultima derrota da equipe na fase de classificação.

FlaBasquete No NBB 12

Na temporada atual o time já jogou 8 partidas pelo NBB, onde alcançou 6 vitórias. O aproveitamento até agora fica em 75%, porem o que a torcida mais tem reclamado é do desempenho do time.

O FlaBasquete estreou no campeonato contra o Time do Minas estrelado por nomes como Leandrinho e Alex.

A equipe controlou o jogo nos 3 primeiros quartos, porem levou um susto no ultimo quando viu o Minas fazer uma parcial de 27 x 17.

A partida terminou 93 x 85 para o mengão, mas o sinal de alerta ficou ligado devido o apagão do time em determinadas partes do jogo.

Na partida 2 do campeonato venceríamos o Brasília em partida mais que emocionante, decidida no final do ultimo quarto. 86 x 81 para o Flabasquete em jogo onde Marquinhos desequilibrou e mostrou porque continua sendo o melhor ala do país.

FlaBasquete NBB 12

Foto:Marcelo Cortes/Flamengo

Contra o Paulistano foi mais uma partida complicada. Vencida nos detalhes. 78 x 75. Jogo onde Marquinhos mais uma vez, Olivinha, Deryk Ramos e Franco Balbi foram os destaques.

Primeira Derrota na temporada

A primeira derrota do FlaBasquete veio diante do estreante São Paulo, onde a equipe paulista foi impecável, em partida destruidora do mini craque Georginho que marcou nesse jogo um triplo duplo de respeito.

O garoto fez 24 pontos, pegou 10 rebotes e distribuiu 11 assistências, ignorando os jogadores que estavam do lado de cá.

Nessa partida conseguimos enxergar claramente o quanto nosso time ainda precisaria de tempo para se adaptar, conhecer um ao outro e por fim se entrosar.

Alguns erros bobos de passes, e precipitações de jogadas desnecessárias, vistas apenas em times que estão em começo de temporada.

A partida seguinte seria tão tensa quanto. Enfrentamos a equipe da Unifacisa, também estreante na competição, e o time passou um sufoco absurdo.

A partida só foi decidida na última bola, feita por Franco Balbi quando faltava apenas 3 segundos para o fim do jogo.

Placar final FlaBasquete 80 x 79 Unifacisa.

Depois viriam duas partidas mais consistentes contra o Basquete Cearense onde o time venceu por 88 x 71. E contra o Pato Basquete com vitória por 76 x 59.

A segunda derrota na competição viria diante do Mogi das Cruzes por 74 x 75 em partida onde o FlaBasquete ficou praticamente todo o jogo na frente, porem não soube segurar a fase final do jogo e foi derrotado.

Nesse meio tempo de 8 partidas a equipe do FlaBasquete ainda foi na Argentina jogar contra o Instituto Atlético Central Còrdoba na estreia da Champions League das Américas de Basquete e alcançou excelente vitória por 83 x 75.

Franco Balbi fez sua melhor partida da temporada anotando no jogo 21 pontos, além de 3 rebotes e 3 assistências.

FlaBasquete: Paciência, Foco e muito Trabalho! 
FlaBasquete

Foto:Marcelo Cortes/Flamengo

Para atual temporada a base do FlaBasquete foi mantida. Os campeoníssimos Marquinhos e Olivinha continuam na equipe. O Bi Campeão pelo mengão Rafael Mineiro também permaneceu.

Franco Balbi, Deryk Ramos e Jhonatan Luz também ficaram por mais uma temporada.

Chegaram Zack Graham, Léo Demetrio, Leron Black, Pedro Nunes e por último Eloy Vargas.

Esse último ainda não estreou no time.

Teoricamente o elenco dessa temporada é ainda mais incorpado do que na temporada anterior.

Grandes jogadores, com capacidade de decisão e de se adaptar a diversas variações durante um jogo. Coisa que o técnico Gustavinho explora bastante.

Porem não adianta querer que tudo se resolva do dia para noite. A equipe precisa treinar, jogar, e aos poucos se encontrar.

O esquema de jogo é diferente que o da temporada passada, e creio que quando esse time encaixar, será muito difícil ser parado.

Mas tudo leva um tempo. Requer tempo para engrenagem funcionar.

A torcida precisa ter paciência. Cobrar na hora necessária, mas saber que altos e baixo é bem normal nessa etapa de preparação.

O FlaBasquete já nos mostrou por várias vezes o quando cresce nos momentos decisivos.

É torcer que esse momento de instabilidade normal de inicio de temporada, passe o mais rápido possível, e que no final os títulos sejam a realidade que tanto estamos acostumados.

Por: Rômulo F Cunha

 

 

 

 

 

 

Romulo Ferreira
Carioca de pai e mãe capixabas, cara família, temente a Deus. Eletricista Industrial de profissão. Flamengo por vocação! Amante de basquete, fissurado em vôlei. Admiração absurda pelo Maestro Junior, pelo campeão de tudo com o FlaBasquete Marquinhos, e pela espetacular Virna. Defensor dos esportes olímpicos, e agora, colunista do Redação Rubro Negra. "Feito de torcedores, para torcedores" 🔴⚫

Meninas da Gávea conquistam o Carioca 2019

Previous article

Em busca do Hepta, Flamengo vence fora de casa.

Next article

1 Comment

  1. […] NBB chega a sua 8° semana, e nosso FlaBasquete enfim assume a liderança em jogo que reeditou a grande […]

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TABELA