BasquetebasquetebolColunasRômulo Cunha

FlaBasquete: Um líder em evolução!

3

O NBB chega a sua 8° semana, e nosso FlaBasquete enfim assume a liderança em jogo que reeditou a grande final do ultimo campeonato.

Flamengo x Franca mais uma vez fizeram um duelo onde a vitória daria o primeiro lugar para o vencedor.  Aliás as duas equipes montaram um grande elenco, chegando nesse jogo cada uma com 11 jogos.

Franca em 11 jogos havia perdido só uma partida, já o Flamengo 2 derrotas.

O confronto dos líderes!

A partida como não havia de ser diferente, foi certamente bem equilibrada. Mas o FlaBasquete começou com uma formação diferente da habitual.

Marquinhos que durante a semana teve um pequeno estiramento no ligamento colateral do joelho esquerdo e havia sido poupado anteriormente na vitória em cima do Bauru na última quinta-feira começou no banco nessa partida.

Franco Balbi, Jhonatan Luz, Zach Graham, Olivinha e Rafael Mineiro foi o quinteto escolhido para iniciar a partida.

No primeiro quarto com uma excelente atuação de Jhonatan Luz que anotou 11 pontos, o Flamengo fechou a parcial em 25 x 20.

Como é de praxe, jogo contra Franca nunca é tranquilo, e no 2° quarto a equipe da casa voltou mais atenta.

No segundo quarto as 2 equipes voltaram errando bastante, e com um placar baixo o FlaBasquete continuou na frente terminando o primeiro tempo por 40 x 32.

David Jackson jogava o fino, e carregava ao lado de Hettsheimeir a equipe de Franca nas costas.  E com um terceiro quarto mais sólido fez 19 x 18 terminando a parcial em 58 x 51 para o FlaBasquete.

A quarta parcial  foi bastante equilibrada, mas como uma leve vantagem para equipe da casa. Flamengo se precipitou em algumas bolas errando jogadas bobas, e viu Franca em determinado momento empatar o jogo em 67 x 67.

Marquinhos e Zach Graham começaram a matar as bolas e mesmo com derrota na parcial por 24 x 27, com uma defesa que deixou muito a desejar, o FlaBasquete fechou a partida em 82 x 78.

FlaBasquete Um líder em evolução

Foto: Paula Reis/Flamengo

FlaBasquete x Franca no NBB

Antes dessa partida apesar do número de vitórias ser bem próximo um do outro, Franca vinha com um time mais compacto e apresentando um basquete mais sólido.

As vitórias de Franca haviam sido mais impositivas, com isso parecendo estar um passo a frente da equipe do Flamengo.

Já nosso FlaBasquete por ter um numero de jogadores que chegaram nessa temporada, maior que o adversário, ainda vem se adaptando.

Jogadores ainda tentam compreender as ideias de Gustavinho, com isso durante os jogos a oscilação vem sendo inevitável.

Algumas partidas do NBB foram vencidas mais na garra e no talento individual, que propriamente no conjunto.

Já as duas que mais exigiram do conjunto, acabamos saindo derrotados.

A partida contra o São Paulo, foi um jogo onde ficou bem claro.

Depois da estreia vencendo o Minas fora de casa por 93 x 85, repetir a dose contra o Brasília 86 x 81, e passar pelo Paulistano do garoto Yago por 78 x 75, o FlaBasquete pegou justamente a sensação do campeonato até ali.

O São Paulo vinha com 2 vitórias em 3 jogos porem com um jogador que só faltava fazer chover.

Georginho que chegava na 4° rodada já com 2 triplo duplos, era um jogador para ter uma atenção ainda mais redobrada. O Flamengo até tentou mais o garoto veio passando o carro por cima. Fechou a partida com mais um triplo duplo, com uma atuação monstruosa, sacramentando assim, a primeira derrota do FlaBasquete na competição.

Na partida em si Marquinhos fez 22 pontos; Léo Demétrio 16 e Leron Black 12, mesmo assim não foi suficiente para parar a maquina chamada Georginho.

FlaBasquete: Adaptação e Paciência!

Logo após essa derrota, uma equipe do FlaBasquete foi pela primeira vez na história do NBB jogar no estado da Paraíba. Mais precisamente em Campina Grande, para enfrentar a recente promovida Unifacisa, que chegou no NBB, ganhando a Liga Ouro na temporada anterior.

Para quem esperava jogo fácil, viu quase uma zebra antológica acontecer no ginásio que estava lotado.

No segundo quarto a equipe da casa chegou fazer 22 x 17 no Mengão, já no ultimo quarto um categórico 22 x 14 onde faltando menos de 5 segundos para o fim o FlaBasquete perdia por 79 x 78, e com uma cesta de classe e bem fria de Franco Balbi virou o jogo, fechando assim em 80 x 79.

A Unifacisa até o momento vem fazendo uma competição bem digna, se encontrando na 8° colocação.

Depois dessa difícil partida, o orgulho da nação voltou a fazer uma partida consistente contra o Basquete Cearense vencendo por 88 x 71 e Contra o Pato Basquete por 76 x 59.

Derrota dentro de casa!

A primeira derrota jogando com o mando de quadra, sendo a segunda no campeonato veio diante do valente Mogi.

Mais uma partida onde a oscilação teve seu ápice, e mais uma vez um jogador destruiu o jogo.

Dessa Vez o veterano Fulvio fez partida espetacular  com 16 pontos, 9 rebotes e 8 assistências e ajudou a dar a vitória para sua equipe por 75 x 74.

Marquinhos mais uma vez foi o grande destaque do lado do Mengão, mas não foi o suficiente.

Depois da derrota para Mogi, viria as vitórias em cima do Pinheiros 75 x 70; Botafogo 81 x 72; Bauru 79 x 66 e enfim Franca 82 x 78.

Lembrando que nesse tempo o FlaBasquete ainda jogou 2 partidas pela Champions League America. “A libertadores do basquete”. E venceu as duas partidas.

Uma na Argentina em cima do Instituto Atletico Central Cordoba por 83 x 75; e outra jogando em casa contra o Club Deportivo Valdivia do Chile por 83 x 75.

–

Jogadores festejam vitória contra o Valdivia pela Champions League.
Foto: Paula Reis/Flamengo

Próximos Compromissos!

Ainda em 2020 o FlaBasquete ainda faz 2 partidas pela Champions encerrando a primeira fase. Uma jogando no Chile contra o Valdivia no próximo dia 13, e outra contra o Cordoba aqui no Rio no dia 20.

Pelo NBB ainda faltam 3 partidas para fechar o turno. Rio Claro, São José e Corinthians são os desafiantes.

Essas 3 ultimas rodadas são importantíssimas porque ao final do turno, serão definidas as oito equipes que participarão da segunda edição da copa super 8. Copa essa que o FlaBasquete é o atual campeão.

A Copa da direito ao vencedor de disputar a próxima Champions League.

Leiam também em nosso Redação Rubro Negra

2020: Mantemos o Padrão ou evoluímos? por Fernanda Fernandes

e as Dicas do Cartola da ultima rodada do brasileirão por Lucas Silva

 

Saudações Rubro Negras!

Vamos acompanhar os esportes olímpicos do Mengão!

Por: Rômulo F Cunha

 

 

 

Romulo Ferreira
Carioca de pai e mãe capixabas, cara família, temente a Deus. Eletricista Industrial de profissão. Flamengo por vocação! Amante de basquete, fissurado em vôlei. Admiração absurda pelo Maestro Junior, pelo campeão de tudo com o FlaBasquete Marquinhos, e pela espetacular Virna. Defensor dos esportes olímpicos, e agora, colunista do Redação Rubro Negra. "Feito de torcedores, para torcedores" 🔴⚫

Qatar Airways e Flamengo: uma parceria futura?

Previous article

Hoje tem Fla e Santos pela última rodada do Brasileirão

Next article

3 Comments

  1. Flamengo mandando em tudo..

  2. Basquete! Orgulho da Nação..
    Orgulho do Flamengo

  3. […] décima primeira partida do turno valeria a liderança, e seria justamente entre os 2 últimos finalistas do NBB.  Mas nessa brincadeira de pegar a […]

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error

Gostou do site ? Espalhe essa onda Rubro Negra

Instagram