FlaBasquete encara Mogi, vitória leva Mengão as semifinais.

FlaBasquete
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

No segundo jogo da série, FlaBasquete busca décima primeira semifinal no NBB.

O NBB esta em sua décima terceira edição e o FlaBasquete busca nessa sexta feira a décima primeira passagem para as semifinais da competição. 

É uma dinastia consolidada fora do comum de um time que tem fome de títulos e não deixa a acomodação bater de forma alguma. 

Em 2021 o FlaBasquete ainda não sabe o que é derrota. Dentro dessa série de jogos, dois títulos marcantes. 

A Copa Super 8 com uma virada inesquecível em cima do São Paulo, e a Champions League Américas com autoridade de quem manda no continente. 

Jogo 1. FlaBasquete, um verdadeiro espetáculo.

Marquinhos sempre regular nos jogos do Mengão// Foto: LNB-NBB

A vitória na primeira partida da série em cima de Mogi nas quartas de finais, mostrou que mesmo vindo de um gigante título a equipe de forma alguma se acomodou. Ao contrário, voltou ainda mais ligada. 

Com uma atuação coletiva invejável onde todos os jogadores que estavam relacionados na partida pontuaram, o Flabasquete mostrou sincronia, e uma transição que se o adversário não entrar concentrado leva um vareio. 

Rotação de gigante!

Em uma partida de basquete onde o cronômetro exato de bola rolando dura 40 minutos, o técnico Gustavo de Conti conseguiu dosar da melhor maneira possível a rotação dos atletas em quadra. 

Os dois atletas que mais atuaram na partida sequer chegaram a 25 minutos em rodagem. E isso lembrando que o FlaBasquete ainda tem o desfalque de 2 grandes nomes. O alienigena Franco Balbi, e do ala armador Chuzito Gonzalez. 

O ala Marquinhos esteve em quadra por 24,7 minutos enquanto o ala Jhonatan Luz ficou em quadra por 24,3. 

O jogador do FlaBasquete que menos teve minutagem na partida, jogou bem mais tempo do que costuma jogar durante a temporada. O garoto Matheus Maciel se manteve no jogo por 7,6 minutos. 

Entre os garotos a minutagem ficou assim:

O ala/Pivô Matheus Maciel com 7,6 minutos marcou 3 pontos.

O ala/Pivô Rafael Rachel permaneceu por 9,7 minutos em quadra marcando 3 pontos. 

O armador Gabriel de Camargo jogou por 10 minutos cravados marcando 2 pontos e ainda distribuindo 2 assistências.

Já o ala/Pivô Ruan Miranda também cravou 10 minutos em quadra marcando 7 pontos e recuperando 5 rebotes. 

Pelo lado de Mogi das Cruzes, é zerar e recomeçar.

“Bom, nós sabemos bem a tarefa que precisamos cumprir, mas nós estamos com dignidade, vamos fazer o máximo como desde o começo da temporada. Nem sempre a gente consegue. A gente sabe que nossa equipe no papel em relação ao Flamengo estão bem acima em termo de tudo. dentro e fora da quadra como experiência, objetivos. Mas a nossa equipe jovem, nós temos que provar para nós mesmos que a nossa continuidade tem que ser intensidade, dignidade e fazer sempre o nosso melhor. Se tiver que encerrar amanhã sendo o último jogo da temporada, tem que ser nesse espirito. Se tiver que ir para o terceiro jogo também com esse espirito. A parte tática e parte técnica é consequência desse trabalho.” declarou o técnico do Mogi Basquete Guerrinha.
Já o ala armador da equipe Mogiana Gui Lessa declarou:
FlaBasquete
Gui Lessa Mogi Basquete // Foto: LNB-NBB

“Agora é jogo 2, jogo bastante difícil pra gente. Tivemos muitas dificuldades durante a temporada, e vamos entregar o máximo de nós e deixar tudo em quadra. Jogar como um time, com toda garra que a gente tem, e garantir um bom resultado pra todo time”

Pela equipe de Mogi, quem mais pontuou no jogo 1 foi o pivô Wesley Castro. Foram 19 pontos, 2 rebotes e 2 assistências.

O armador Fúlvio, um dos grandes nomes do NBB, ficou zerado, algo raríssimo se tratando de Fúlvio. Em compensação o armador tentou ajudar de uma outra forma a equipe e distribuiu 10 assistências. 

É  de se esperar uma postura do Mogi Basquete bem mais agressiva que nessa primeira partida. Sabe que para enfrentar o FlaBasquete tem que entrar com o pé embaixo o tempo todo, e não terão uma segunda chance. 

Playoffs NBB:

Confira aqui os jogos da primeira rodada das quartas de finais do Novo Basquete Brasil.

Bauru 66 x 78 Paulistano

Mesmo com Gui Deodato do Bauru sendo o cestinha da partida com 24 pontos, o Paulistano teve maior ritmo coletivo e venceu o confronto. Quem mais pontuou na equipe da capital paulista foi o ala/pivô Erik Thomas com 23 pontos.

Corinthians 71 x 78 São Paulo

Não foi dessa vez que o Corinthians conseguiu vencer um majestoso. Com o pivô Lucas Mariano fazendo um duplo-duplo 30 pontos e 11 rebotes o São Paulo continua invicto diante do Rival, e precisa apenas manter essa invencibilidade na próxima partida para avançar pela primeira vez para as semifinais do NBB.

Sesi Franca 85 x 91 Minas Storm

Mesmo com Lucas Dias extremamente inspirado marcando monstruosos 35 pontos, o Sesi Franca não conseguiu sair com a vitória no primeiro jogo. A partida coletiva do Minas deu muito mais resultado. David Jackson com 19 pontos, 5 rebotes, 4 assistências e ainda 1 toco, foi o destaque da equipe mineira. 

Vejam os jogos da segunda rodada das quartas de finais.

Paulistano x Bauru 17:00 Transmissão DAZN

Flamengo x Mogi Basquete 20:00 Transmissão DAZN

Sábado: 01/05

São Paulo x Corinthians 16:00 Transmissão TV Cultura

Minas Storm x Sesi Franca 20:00 Transmissão DAZN

Veja aqui como foi a vitória do FlaBasquete na primeira partida das quartas de finais. 

Veja também em nosso site. Renato Augusto no Ninho? Seria possível? clique aqui.

Vitinho pede passagem na temporada 2021? clique aqui.

Redação Rubro-Negra, um site feito de torcedores para torcedores.

Me encontrem no twitter. rmulocunha

Está Gostando do Conteúdo ? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leitura Recomendada