Especial NBB Redação Rubro-Negra
Flamengo Hexa Campeão do NBB // Foto: Site LNB

O NBB 13 terá início logo mais às 20:00 com o jogaço entre Flamengo x Minas; e o Redação
Rubro-Negra vem relembrando os títulos do Flamengo no NBB.

Na última matéria falamos sobre os 2 títulos conquistados em cima de um Bauru que mais parecia uma seleção.

Já falamos também das finais contra Paulistano e Uberlândia, e começamos com o título que iniciou tudo isso. Aquela final fantástica contra Brasília no NBB 1.

O Basquete Merecia essa final!

Hoje, justamente na estreia, chegou a vez de falarmos do hexa, e da final que o mundo basqueteiro clamava.
Dois dos times com mais histórias nesse país enfim se encontravam em uma final de
campeonato.
Franca e seus 11 títulos (1971-1974-1075-1980-1981-1990-1991-1993-1997-1998-1999)
E Flamengo com seus até então 9.
Exatamente o que vocês leram, 9 títulos.
(1934-1949-1951-1953-2008-08/09-12/13-13/14-14/15-2015/2016-).
Por incrível que possa parecer mesmo juntando todas as vezes que ambos foram as finais inclusive com os vice campeonatos; a temporada de 2018/2019 se tornou a primeira a colocar as 2 frente a frente em uma final.

Elencos Valiosos para o NBB 11!

O Flamengo tinha em seu elenco os lendários Olivinha e Marquinhos, Anderson Varejão
que faria sua 2° temporada e uma enxurrada de nomes novos.
O pivô Rafael Mineiro voltando ao clube, Deryk Ramos, Jhonatan Luz e David Nesbitt
vindos do atual campeão Paulistano.
David Rosetto que estava no Basquete Cearense, Kevin Crescenzi da Liga Sorocabana.
Os crias da base Matheusinho, João Matheus, Aieser, Ruan, João Vitor, e o grande
alienígena Franco Balbi.
Franca que vinha com novo patrocinador não ficou atrás e montou uma verdadeira seleção
com nomes como Rafael Hettsheimer, David Jackson, Lucas Dias, Elinho, Cipolini entre
outros

Catorze equipes entrariam em quadra no NBB 11.

Basquete Cearense, Bauru, Botafogo, Corinthians, Flamengo, Franca, Joinville, Mogi das Cruzes, Paulistano, Pinheiros, São José, Brasília e Vasco.
O duelo prometia desde o começo ser acirrado e as 2 equipes lutaram ponto a ponto pela liderança.
Na temporada regular nos confrontos diretos uma vitória para cada equipe.
No final da fase de classificação, Franca terminou com 88.5% de aproveitamento com
apenas 3 derrotas em 26 jogos; já o Flamengo veio na cola com 84.6% e 4 derrotas.

Vamos aos playoffs!

Nos playoffs tanto Flamengo como Franca passaram de forma tranquila por seus
adversários.
O Mengão passou por Corinthians fazendo 3 jogos a 0 (92-73 / 79-60 / 91+65).
Já nas semifinais um duelo carioca, e 3 jogos a 1 em cima do Botafogo.
(87-77 / 81-69 / 77-81 / 90-75).

 

Enquanto isso Franca passou por dois confrontos caseiros. Nas quartas Bauru, e nas semifinais Mogi Das Cruzes, com 2 varridas incontestáveis.

NBB: A Final dos sonhos!

Franca buscava seu primeiro NBB, e fazia sua segunda final de campeonato, já o Mengão  estava em busca do 6° título em sua 7° final, e com tudo isso a final entregou justamente o que se esperava.

A primeira partida da grande final aconteceu no Maracanãzinho. Com um Olivinha inspirado no ataque fazendo 23 pontos o Orgulho da Nação saiu na frente no playoff final. (82-68)

 

Especial NBB Redação Rubro-Negra
Olivinha o Rei da Raça // Foto: Paula Reis – Flamengo

No segundo confronto, já no ginásio Pedrocão em Franca a equipe da casa se impôs e com atuação fantástica de David Jackson com 21 pontos, e Lucas Dias com 19 pontos e 10 rebotes, empatou a série fazendo (88×79).

O jogo 3 foi o mais maluco e equilibrado até então. Com um primeiro quarto de almanaque o FlaBasquete chegou a abrir 17 pontos fazendo 32 x 15 no primeiro quarto; já no quarto seguinte o oposto, Franca conseguiu uma corrida de 13 x 0 e se recolocou na partida.

Os dois quartos seguintes foram bem mais equilibrados, e com mais uma atuação espetacular de Lucas Dias buscando mais um duplo-duplo 18 pontos e 10 rebotes, Franca virava a série, fazia (77×71) e ficava a 1 vitória do inédito título.

Defesa ganha campeonato!

Especial NBB Redação Rubro-Negra
Marquinhos destruiu nos 2 últimos jogos // Foto: Paula Reis – Flamengo

O quarto confronto foi uma aula de defesa do Flamengo. Kevin Crescenzi fez muito bem seu papel; Marquinhos resolveu aparecer no playoff final na hora mais necessária e com uma partida impecável 25 pontos; Anderson Varejão mostrava querer por demais seu primeiro brasileiro contribuiu com 19 pontos e 9 rebotes.

O Mengão fez (76×62), tirou o peso da 3° partida das costas empatando a série e fazendo o playoff final se transformar em final de jogo único. O grande Math Point para ambas equipes.

FlaBasquete, Camisa pesada, camisa de tradição!

Segurar um Pedrocão sedento de título em uma quinta partida não é para qualquer um e foi justamente o que conseguiu fazer o Flamengo.

Marquinhos que brincou de jogar basquete no quarto jogo, trouxe o impeto para o jogo final fazendo 18 pontos e ao lado de David Jackson ser o cestinha da partida.

Partida essa que mais uma vez começou de forma avassaladora para equipe Rubro-Negra, mas assim como no jogo anterior viu a vantagem diluir.

Porem dessa vez os jogadores conseguiram se equilibrar e levaram a partida na liderança até o final.

Olivinha com 12 pontos e 10 rebotes foi considerado o mais regular nos 5 jogos e conquistou mais um MVP em finais.

FlaBasquete venceu por (81×72) e fez de Franca conhecida merecidamente como a cidade do basquete, um verdadeiro salão de festas.

Foi bom relembrar esses 6 títulos Rubro-Negros, e alguns detalhes de cada um deles. Agora é focar no NBB 13, e ir em busca do hepta.

Foto: Site LNB
Se quiserem saber mais sobre os títulos do Flamengo no NBB é só vir com a gente.

Nós do Redação Rubro-Negra iremos também estar colados com o Flabasquete nesse campeonato que promete.

Não deixem de favoritar nosso site para receberem notificações logo que as matérias saírem, e nos acompanhem também em nossas redes sociais. Por lá sempre tem novidades com prefacios e links de nossas matérias. (InstagramTwitterFacebookYou Tube)

Se quiserem me encontrar no Twitter é só buscar por @rmulocunha

Prometo estar tentando me familiarizar mais com a ferramenta, para trazer em tempo real melhores informações para vocês.

Lembrando que o Mengão estreia hoje às 20:00 horas pelo NBB 13 contra o Minas Tênis Clube.

A ESPN fica responsável pela transmissão.

Redação Rubro-Negra, o projeto feito por torcedores, para torcedores.