E-Sports

Em ritmo descontraído, Flamengo eSports fecha fase de pontos com vitória

A diversão foi garantida no último jogo da fase de pontos do Campeonato Brasileiro de League of Legends. O já classificado, Flamengo eSports, usou e abusou de uma nova composição e mudou seus jogadores de posição. A partida foi lotada de mortes, jogadas emocionadas e um show de skills erradas. Segue a escalação de hoje: WooFe de Vayne, Ranger de Ezreal, Goku de Lee Sin, Absolut de Ryze, Jojo de Janna

O first blood veio para a equipe da INTZ, que pegou o Ranger, agora de atirador, fora de posição. A resposta veio com o abate para o suporte e, no teleporte do ad carry, Ranger garantiu a segunda kill da rota. O Absolut, mid laner flamenguista, conseguiu um double kill em uma jogada de Goku, caçador, no aronguejo na rota superior.

O Flamengo eSports veio na brincadeira, mas a INTZ não conseguia sair dessa ciranda cirandinha. O primeiro dragão do jogo, da montanha, vestiu o manto rubro-negro, assim como o arauto. A INTZ contestou com abates na rota superior e na rota inferior. O Flamengo soltou o arauto na rota do meio e destruiu a torre. Com o mapa a seu favor, o segundo dragão, infernal, foi confirmado para o rubro-negro.

O terceiro dragão, das nuvens, também foi do Flamengo. O time todo se juntou no Barão, mas ele foi roubado pela INTZ. Em uma teamfight no covil do dragão, Flamengo eSports conseguiu a alma da nuvens, porém perdeu quase toda a equipe nessa briga.

A INTZ cresceu e, por um momento, parecia que a brincadeira iria acabar ruim para o Flamengo. Mas o WooFe feedado de Vayne, uma luta no meio, assegurou a vitória para o rubro-negro. Entraram no nexus e dizimaram os intrépidos. GGWP Flamengo eSports!

O próximo jogo do rubro-negro será contra a Furia Uppercut, pelas semifinais do CbLoL 2020. Quem ganhar a melhor de 5 estará na grande final.

Taíne Correa

Jornalista, paulista e, para acabar com a rima, jogadora de League of Legends.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar