Futebol Profissional Colunas

Diego ou Arrascaeta? Nenhum dos dois!

–
Alexandre Vidal / Flamengo

Um assunto amplamente debatido na torcida rubro-negra é sobre quem deve ser o titular no meio campo, Diego ou Arrascaeta. Para mim, nenhum dos dois!

Diego, o enceradeira

De um lado, temos Diego Ribas. No Fla, desde 2016, quando teve um inicio animador, Diego nunca mais foi o mesmo após a lesão que sofreu contra o Atlético Paranaense, na Libertadores de 2017.

Com um futebol que se esperava ser cadenciado, o “enceradeira”, apelido que ganhou pelo famoso gira-gira que gosta de fazer em campo, prende muito a equipe. Todavia, já perdi as contas de quantos contra-ataques o Flamengo perdeu por conta de um “pé no freio” do Diego.

Não podemos nos esquecer também como o meia gosta de sumir e pipocar em momentos importantes. Pênalti perdido contra o Palmeiras no Brasileiro de 2017, gol inacreditável perdido contra o Corinthians na mesma competição daquele ano.

Diego, que deveria puxar a responsabilidade, também desapareceu em finais. Perdeu pênalti na final da Copa do Brasil contra o Cruzeiro, não deu o ar da sua graça pela Sul-Americana contra o Independiente, da Argentina.

Diego, hoje em dia, vive de um golzinho ou outro em jogos menores e sem relevância.

Arrascaeta, o vagalume

–
Alexrande Vidal / Flamengo

Confesso que, quando o Arrascaeta foi contratado, no inicio do ano, fiquei empolgadíssimo. O uruguaio, que vinha de ótimas temporadas no Cruzeiro, foi unanimidade entre a torcida.

Porém, o saldo até aqui é decepcionante. Afinal,alguns lampejos ali, outros acolá, como a final contra o Vasco, gol contra o Fluminense e um ou outro lance de maior qualidade em outros jogos. E só.

Arrascaeta é um “vagalume” que vive mais apagado que aceso. Essa inconstância me lembra muito o Alan Patrick, que era criticado pela torcida justamente pelo mesmo motivo.

Assim sendo, fico sem entender o motivo de tanto barulho de alguns pela sua titularidade. O que ele fez para merecer? Devemos lembrar também que, hoje, a posição onde Arrascaeta rende mais é ocupada pelo melhor jogador do time: Bruno Henrique.

O que eu faria? Diego ou Arrascaeta?

Como já explicitado anteriormente, colocaria os dois para dar uma esquentada no banco. Visando uma maior mobilidade e velocidade no ataque, eu escalaria… Vitinho!  Isso mesmo que você acabou de ler.

No meu ataque ideal com o que temos hoje, centralizaria o Everton Ribeiro, colocaria Bruno Henrique na ponta esquerda, Vitinho na direita e Gabigol de centroavante.

Vitinho sempre que entra tem criado boas situações de ataque, é insinuante. Portanto, no meu modo de ver, agrega mais que Arrascaeta e Diego. Assim, apesar de boa parte da torcida critica-lo, acho que chegou seu momento de ter sequência.

Leandro Conceição

22 anos, estudante de Jornalismo da UFRRJ. Apaixonado por futebol e flamenguista desde que me entendo por gente.

Adicionar comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Colunistas

Leandro Conceição

22 anos, estudante de Jornalismo da UFRRJ. Apaixonado por futebol e flamenguista desde...

Leandro Conceição

22 anos, estudante de Jornalismo da UFRRJ. Apaixonado por futebol e flamenguista desde...

Leandro Conceição

22 anos, estudante de Jornalismo da UFRRJ. Apaixonado por futebol e flamenguista desde...