Dias de luta, dias de glória: zagueiros do Flamengo

Dias de luta, dias de glória: zagueiros do Flamengo

Ao longo da história diversos zagueiros vestiram o manto sagrado, vamos relembrar agora os três que mais marcaram de maneira positiva e negativa.

Os três piores zagueiros

Irineu Calixto Couto, o Irineu. Contratado pelo Flamengo no inicio de 2007 por indicação do então técnico Ney Franco. Irineu é figurinha carimbada no pior Flamengo da história de muitos torcedores. Não chegou a ter uma temporada completa no clube e mesmo assim é lembrado até hoje pela falta de talento com a bola.

Irineu posa após ser apresentado

Mas nem só craques o Flamengo faz em casa, esse é o caso do zagueiro Welinton. O jogador subiu ao profissional do Flamengo em 2009 e colecionou uma série de lances bizarros durante sua passagem. Assim, se tratando de pratas da casa talvez seja o atleta mais odiado pela nação. Mesmo assim, o Flamengo conseguiu ser campeão carioca de 2011 com Welinton na titularidade.

Zagueiro Welinton atuando pelo Flamengo em 2011

Apelidado pela torcida do Flamengo de “zagueiro chama gol”, Jean fecha o trio dos dias de luta. É o tipo de jogador com “cara de derrota”, quando apenas o fato de estar em campo já era desanimador. Contratado pelo Flamengo em 2010 atuou em apenas 24 partidas pelo clube, sem deixar saudade.

Zagueiro Jean é apresentado no Flamengo

Os três melhores 

Rondinelli, o eterno “Deus da Raça”. O apelido veio pelo grande vigor e vontade mostrada em campo. Multicampeão pelo Flamengo, Rondinelli subiu da base para o profissional em 1971. Foram 406 partidas vestimento o manto sagrado, conquistando Mundial, Libertadores, Brasileiro de 1980 além de cinco cariocas.

Rondinelli, o "Deus da Raça"

José Carlos Nepomuceno Mozer, conhecido popularmente apenas como Mozer. O zagueiro chegou ao Flamengo em 1975 para entrar na história. Ao todo foram 292 jogos pelo clube conquistando Mundial, Libertadores, Brasileiros de 80, 82 e 83, além dos Cariocas de 81 e 86.

Domingos da Guia, o “Divino Mestre”. Considerado por muitos não só um dos melhores zagueiros da história do Flamengo, mais do futebol brasileiro. Domingos jogava sempre de cabeça erguida, com grande capacidade de se antecipar aos lances, possuía uma classe fora de série. No Flamengo foram ao todo 230 jogos, conquistando os cariocas de 39, 42 e 43.

Domigos da Guia, um dos maiores zagueiros do Brasil

 

Leandro Conceição

Leandro Conceição

22 anos, estudante de Jornalismo da UFRRJ. Apaixonado por futebol e flamenguista desde que me entendo por gente.