APÓS O ANO MÁGICO, FLAMENGO ENFRENTA ANO QUASE TRÁGICO

 

Rapaz… Mas… Como diria Milton Leite… Que faaaaaaseeee!!! Cada vez que a gente pensa que o treco tá ruim no já- não-tão-bom-pro-mundo ano de 2020, vem mais algum acontecimento que joga contra nossa paz.

https://redacaorubronegra.com/flamengo-tem-11-desfalques-para-duelo-da-libertadores-contra-o-barcelona-de-guayaquil-confira-a-provavel-escalacao/

E até que o treco começou interessante, né? Parecendo antever que a temporada de 2020 ia invadir 2021 “dicunforça”, os bons ventos que nos trouxeram após as conquistas de quase tudo no Ano Mágico de 2019, ventaram firme durante janeiro e fevereiro, atabalhoando ainda mais de Taças a já tão populosa sala de troféus do Mais Querido.

E então fez-se a noite. Começou com a pandemia e a paralisação do Fut Nosso de Cada Dia. A gente tudo com cara de bobo, já achando que aquela tradicional abstinência de um mês sem Flamengo entre o começo de dezembro e meados de janeiro era o paraíso e nós apenas não nos dávamos conta.

Futebol voltou. O Nosso Futebol nem tanto. Mesmo sob o comando de Jorge Jesus, sofremos o pequeno revés humilhativo de fazer jogos duros contra o fluminenCe no Carioqueta. Ainda que sem nenhuma derrota, também não veio a esperada goleada contra o humilde e desonesto time de bairo. Porém, como o nosso “trágico” é bem melhor que o Trágico alheio e nossa cruz é de isopor… Mais um caneco na Gávea.

Jorge Jesus ficou!!! Jorge Jesus se foi. Lateral direita azeitada!!! Rafinha se foi. “Ah… Tem um vento contra, mas tá de boa”. Traz o Domènec Torrent para guardiolar o futebol tupiniquim pra vida seguir seu fluxo… As coisas demoram pra engrenar. Só demoram?

Pouco vento contra é bobagem. Veio o 5 x 0. Placar tão emblemático da nossa soberania no Ano Mágico. Só que agora o massacre virou contra o massacreiro, “estragando” inclusive muitos Mantos com a inscrição comemorativa “5 x 0 foi pouco”.

O próximo jogo tinha tudo pra ser o da tranquilidade, pra acalmar a turba e o burburinho do demite-não-demite-demite-não-demite. O Braz até falou que a escolha de momento é o não-demite, mas a torcida pró e contra a demissão continua se engalfinhando nas redes sociais.

Daí teve vulcão cancelando o treino e, fora isso, como já era previsível, a tal bolha de segurança contra o vírus estourou. Um porrilhão de jogadores testando positivo para Covid. Se era meio complicado saber de antemão o “quem joga?”, agora tornou-se um exercício de aceitação zen-budista não só pra nós, como também pro próprio Domènec. Joga quem tá de pé e não infectado.

Do lado de lá… Temos o até aqui saco de pancadas do grupo. Zero ponto em três rodadas e praticamente eliminado ainda na metade dessa fase classificatória. Um perigo só esse Barça Genérico nessas condições.

Na TEORIA era um jogo fácil. Agora nem tanto. Isso porque ainda resta uma grande dúvida. Sei lá quens serão os escolhidos para os 11 iniciais, apesar de que sobrou tão pouca gente que o Dome nem tem muito como inventar, como dito acima. MAS… MAS… MAS… Os caras vão JOGAR? Se o Flamengo, seja lá qual escalação, JOGAR, plenas possibilidades de deixar a vaga muito bem encaminhada, dependendo apenas de um mísero empate em dois jogos no Maracanã.

https://www.flamengo.com.br/noticias/futebol/flamengo-finaliza-preparacao-para-confronto-contra-o-barcelona-de-guayaquil

E se o Flamengo não jogar? Aí, tal qual as testagens e retestagens da Covid-19 no Novo Normal, outra (des)atuação como a dos jogos contra Ceará e Del Valle, e o elenco estará definitivamente testando positivo para as pragas de longa data no futebol: “Panela de Fritura de Técnico” e “Corpo Mole”. E com salários muito bons e em dia, sem contar a Infraestrutura em Outro Patamar com que contam para exercerem sua PROFISSÃO.

Tô defendendo o técnico? Tô sim. Ele tem sua PARCELA de culpa, mas essa conta, do jeito que (não) jogamos as duas últimas partidas, não é toda dele de forma alguma.

“Ah, Sorin… Tá defendendo o estagiário por que?”. Porque ele está no comando do Flamengo. Essa “lealdade” da minha parte só acaba no minuto em que ele for embora, seja lá quando for. Simples assim.

Jorge Jesus, Domènec Torrent, Landim, Braz, Bruno Henrique, Gabigol, etc… TUDO FUNCIONÁRIO. Todos vão passar. No final das contas só nós ficaremos. Sempre foi assim, e sempre será.

Bora vencer.

Isso aqui é Flamengo.

Em breve no Nosso BoTTeco a estreia do pacote “Netflax + Petiscos + Mesa da Arcoirizada”. Tudo junto e misturado, pinta por aqui na próxima quinta.

[email protected]
Facebook e Instagram: Mercio Querido
Twitter: @sorinmercio