Clássico da Rivalidade: 6 curiosidades do Mengão e Botafogo

Desde a criação dos times, ao pouso do urubu. Acompanhe curiosidades do Clássico da Rivalidade.

0
89

https://redacaorubronegra.com/botafogo-x-flamengo-tudo-o-que-voce-precisa-saber/

Clássico da Rivalidade é o termo utilizado a fim de nomear o confronto carioca entre Flamengo e Botafogo. Os dois clubes, juntos, somam 289 anos de história, além de títulos e momentos que marcaram o futebol nacional.

E como hoje, para o Mais Querido, qualquer jogo é decisão, mais tarde iremos acompanhar uma grande partida protagonizada pelos dois rivais. Para entrarmos no clima do confronto desta quinta-feira, separei algumas curiosidades acerca dos grandes momentos e da história que os dois clubes semeiam até os dias atuais. 

1º: Primeiro no remo, depois nos gramados

No final do século 19, o remo era o esporte mais popular do Rio de Janeiro. Por isso muito se vê sobre algumas referências às praias para se explicar o confronto. Frequentadores de praias vizinhas, os meninos dos bairros de Flamengo e Botafogo logo começaram a se interessar pelo futebol. Foi assim que em 1894, foi fundado o Clube de Regatas Botafogo, que em 1942 se fundiu ao Botafogo Futebol Clube, dando origem ao que hoje chamamos de Botafogo de Futebol e Regatas.

Logo depois, foi então fundado nosso querido Grupo (depois clube) de Regatas do Flamengo, em 1895, pelos jovens da Praia do Flamengo. 

2º: Concretização da rivalidade

Apesar da rica história, a rivalidade começou mesmo em outro esporte, no futebol. O primeiro jogo foi disputado em 1913, e desde o início, os dois clubes fazem duelos disputados. 

Já são 368 jogos, contabilizando 123 empates. Além de 111 vitórias para o Alvinegro, e 134 vitórias para o Mais Querido. Juntos, já foram marcados 1079 gols na história do confronto carioca. 

 3º: Goleadas consagradas

Flamengo e Botafogo não economizam gols, prova disso são as goleadas já efetuadas por ambas as equipes em diversos duelos. 

Em 15 de agosto de 1926, o Mais Querido ganhou do Alvinegro por 8 a 1, pelo Campeonato Carioca do ano, a partida ocorreu no Campo da Rua Paissandu.

E foi em 29 de maio de 1927, que o Botafogo “deu o troco” com a maior goleada da história do confronto, 9 a 2, também pelo Campeonato Carioca. 

Para cravar a vontade de vencer sobre o Rubro-Negro, o Alvinegro marcou 6 gols contra o Mais Querido, na partida válida pelo Campeonato Brasileiro, em 15 de novembro de 1972. 

O Flamengo então foi em busca, e em 8 de novembro de 1981, o Mengão goleou o Bota também por 6 a 0, colocando assim um fim às provocações do Alvinegro.

Goleada de revanche do Mais Querido. Foto: filmow.com

4º: Surgimento do nosso Urubu

O símbolo do Mengão foi consagrado em meio a uma partida em 1969, no Maracanã, que contou uma vitória de 2 a 1. A torcida do Botafogo, desde então, costumava apelidar a Nação de “urubu”, pois grande parte dos nossos torcedores eram negros. 

Como não deixamos para depois, durante o jogo a torcida do Mais Querido levou e soltou no estádio um urubu. A ave se tornou nosso símbolo e atingiu o mais alto patamar da marca. Hoje inclusive já virou nome popular do Centro de Treinamento Presidente George Helal, o Ninho do Urubu, em Vargem Grande. 

Em 1 de junho de 1969, um urubu faz seu pouso no Maracanã. Foto: Arquivo/Agência O Globo

5º: Craques enriquecem o Clássico da Rivalidade 

Grandes nomes passaram por ambos os times. Alguns atuaram por um, outros por ambos os cariocas. Dentre eles Manga, Leandro, Gonçalves, Mozer e Nilton Santos; Junior, Adílio, Zico e Zagallo; Garrincha e Heleno de Freitas.

Ídolos como Garrincha e Zico, não só marcam a paixão Alvinegra e Rubro-Negra, mas também se tornaram ícones do futebol nacional para torcedores adversários. 

6º: Títulos estaduais

Desde o início do século 20, onde os meninos da Praia do Flamengo e de Botafogo deram origem aos clubes, títulos estaduais se tornaram uma realidade carioca. 

O Mais Querido já conquistou 77 títulos estaduais, incluindo uma marca de 35, o número de vezes que ganhamos o Campeonato Carioca. Neste ano de 2019, o grito de “é campeão” foi efetivado após nossa vitória contra o Vasco da Gama, com gols de Willian Arão e Vitinho, no Maracanã.

Já o Botafogo levou a melhor 49 vezes em ambiente carioca. Seu último título no Campeonato Carioca foi no ano passado, 2018, após uma vitória também contra o Vasco. O jogo da decisão contou com um agregado de 4 a 3, com gol de Joel Carli, já nos acréscimos do segundo tempo, no Maracanã.

Uma curiosidade extra: Vasco foi vice-campeão em 2018 e 2019. Não podia deixar passar.

Com gols de Vitinho e Arão, fomos campeões do Carioca 2019. Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Brincadeiras à parte, hoje teremos um grande jogo do Clássico da Rivalidade. Mesmo com uma visível disparidade econômica e técnica, não podemos deixar os grandes jogos entre os cariocas de lado. 

E mais do que nunca, exaltar a história dos confrontos e manter viva a relação de rivalidade entre o Mais Querido e o Glorioso. E agora nos resta esperar para ver quem levará a melhor na partida que ocorrerá no Nilton Santos, o famoso Engenhão, às 20h.

https://twitter.com/nandajorn

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here