CBF divulga novo formato da Copa do Brasil para 2021

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

A CBF publicou em seu site oficial nesta quinta-feira (14) o Regulamento Específico de Competições (REC) para a Copa do Brasil de 2021. O torneio, que começa no mês de março, terá uma importante modificação em sua fórmula de disputa, em relação aos anos anteriores.

Para a próxima edição, a Copa do Brasil terá sete fases, e não oito, como acontecia até 2020. De acordo com a entidade, 12 clubes entram na terceira fase do torneio, e não mais nas oitavas de final. Com isso, a CBF incluiu mais um clube na competição, que agora terá 92 participantes.

No grupo do 12 participantes que entram na terceira fase estão os oito clubes que se classificarem para a Copa Libertadores da América de 2021 (seis pelo Campeonato Brasileiro, mais o campeão da Copa do Brasil, mais o campeão da Copa Libertadores de 2020); além dos campeões da Copa do Nordeste (Ceará), da Copa Verde e da Série B. A CBF, assim, criou uma vaga extra para a equipe de melhor colocação na série A do Campeonato Brasileiro que não tiver sido classificada por um dos critérios anteriores.

Na prática, essa mudança deverá garantir que os nove primeiros colocados do Campeonato Brasileiro desta temporada entrem direto na terceira fase da Copa do Brasil, o que deve garantir ao Flamengo o direito da vaga automática em fase posterior do torneio nacional pela quinta edição seguida.

Flamengo pode entrar nas fases avançadas pela quinta edição consecutiva

A última vez que o Flamengo disputou a Copa do Brasil desde a primeira fase foi em 2016, quando eliminou o Confiança (3-1 no agregado), mas foi precocemente eliminado pelo Fortaleza na segunda fase (2-4 na soma dos dois jogos).

Com participações sucessivas na Copa Libertadores desde 2017, o Mais Querido também vem se garantindo nas fases mais avançadas da Copa do Brasil desde então. Em 2017, o Flamengo chegou à decisão, entretanto, acabou perdendo o título para o Cruzeiro.

Em 2018, o clube foi eliminado na semifinal diante do Corinthians. Nas duas últimas edições, o Flamengo saiu ainda mais cedo, já que parou nas quartas de final, diante do Athletico (2019) e do São Paulo (2020).

Em 2020, o Flamengo foi eliminado da Copa do Brasil pelo São Paulo
Em 2020, o Flamengo foi eliminado da Copa do Brasil pelo São Paulo

Fórmula de disputa

A primeira fase terá 80 clubes, distribuídos em 40 confrontos, em jogo único e com vantagem do empate para a equipe visitante. Na segunda fase, os 40 classificados se enfrentam em 20 duelos, também em jogo único. Porém, em caso de empate, a decisão da vaga será nos pênaltis.

Na terceira fase, participam 32 clubes: os 20 classificados na etapa anterior, mais os 12 definidos previamente. A partir desta fase, os confrontos são em jogos de ida e volta, sem gol qualificado para o visitante. Se eventualmente houver uma igualdade no número de pontos e no saldo de gols depois do segundo jogo de qualquer confronto, o classificado sairá em uma disputa de pênaltis.

Em seguida, estão marcadas as oitavas de final (quarta fase), com 16 clubes; as quartas de final (quinta fase), com oito participantes; as semifinais (sexta fase); e a grande final  da Copa do Brasil (sétima fase), que, em princípio, está prevista para o mês de outubro.

O campeão da Copa do Brasil de 2021, além do título e da premiação em dinheiro que pode chegar a R$ 70 milhões, tem como resultado uma vaga na Copa Libertadores de 2022.

O Regulamento Específico da Copa do Brasil de 2021 pode ser baixado diretamente do site da CBF, clicando aqui.

Leia mais: “O clima não tem sido dos melhores”, disse Arrascaeta à rádio uruguaia

Está Gostando do Conteúdo ? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leitura Recomendada