Bruno Henrique: rei e decisivo

0
12
RIO DE JANEIRO, BRAZIL - APRIL 27: Bruno Henrique of Flamengo celebrates a scored goal during a match between Flamengo and Cruzeiro as part of Brasileirao Series A 2019 at Maracana Stadium on April 27, 2019 in Rio de Janeiro, Brazil. (Photo by Buda Mendes/Getty Images)

Desde sua chegada, Bruno Henrique tem sido um dos xodós da torcida, seja pelo seu carisma fora de campo, pela raça que demonstra, pelos gols marcados e, por uma particularidade: a velocidade, reconhecida até pela FIFA.

O atacante de 28 anos chegou ao Flamengo em Janeiro deste ano e estreou no campeonato carioca contra o Botafogo, em um jogo onde o Flamengo estava perdendo por 1 a 0 e o atacante fez os dois gols da virada rubro-negra.

Bruno henrique vs Botafogo
Bruno Henrique em sua partida de estréia pelo Flamengo. Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Desde então, não parou mais de marcar gols ou dar assistências. Na temporada, já soma 21 gols e 13 assistências, já é o segundo artilheiro do time atrás de Gabigol e o segundo no fundamento assistências, atrás de De Arrascaeta.

Abre alas para o rei passar

Um dos motivos para Bruno cair nas graças da torcida rubro-negra, é o seu histórico em clássicos. Marcou contra todos os rivais cariocas, ganhando o carinhoso apelido de “Rei dos Clássicos”. Os números mostram o motivo.

Botafogo: 2 jogos e 3 gols
Vasco: 4 jogos e 3 gols
Fluminense: 4 jogos e 2 gols

A última vez que balançou as redes em um clássico, foi na goleada de 4 a 1 no Vasco, no Mané Garrincha, em Brasília.

bruno vs vasco no carioca
Bruno Henrique comemora seu gol contra o Vasco na final do Campeonato Carioca. Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Toca no Bruno Henrique que ele decide

O fator que mais pesa a favor do atacante é, com certeza, o seu poder de decidir. Na maioria dos jogos onde o Flamengo precisava de um gol, Bruno Henrique estava lá, seja criando jogadas e dando o passe ou, claro, anotando os gols.

Contra o Emelec, fez a jogada do 2º gol de Gabigol; contra o Internacional, marcou dois gols; e o mais recente contra o Grêmio, marcou o gol que deu uma certa vantagem para o Flamengo no jogo de volta, pela semifinal da Libertadores, no Maracanã, dia 23 próximo.

Mas, não só na Libertadores que Bruno decide. No Carioca, o exemplo já citado foi o Botafogo e contra o Vasco marcou no primeiro jogo da final. No Brasileirão, contra o Botafogo novamente, fez o 3º gol que selou a vitória do Flamengo. Na rodada 23 do Brasileirão, contra a Chapecoense, fez o gol solitário da partida.

Pode-se afirmar que Bruno Henrique vem fazendo sua melhor temporada como jogador e com certeza vai decidir e reinar em mais jogos do Flamengo.

 

Bruno Henrique contra o Internacional pela Libertadores. Thiago Ribeiro/AGIF

Obrigado por ler minha coluna, caso queira me seguir, meu twitter é @vns1lva e siga também a Redação Rubro-Negra por lá @Red_RubroNegra.

Se quiser ler outras colunas, sejam minhas ou de meus companheiros clique aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here