Brasileirão 2020. Qual jogo foi o mais importante para o Flamengo?

Brasileirão 2020 Redação Rubro-Negra
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Brasileirão 2020. Qual seria o jogo chave para o conquista do octacampeonato?

O Brasileirão 2020  chegou ao fim na quinta feira passada precisamente com a partida entre Internacional e Corinthians no Beira Rio. 

Na verdade todas as 10 partidas estavam marcadas para começar as 21:30 no horário de Brasília, porém com as peculiaridades de cada jogo, um a um foi se encerrando e os dois que valiam o título ficaram para o final. 

O jogo contra o São Paulo pode se apagar da mente de cada um de nós. Partida que pode cair no esquecimento.

A maior emoção daquela noite para nós Rubro-Negros acabou sendo o final da partida entre Inter e Corinthians.

O jogo conseguiu proporcionar nos seus minutos finais, todos os sentimentos possíveis envolvidos no esporte. Tanto para quem estava emocionalmente conectado, quanto para aqueles que só queriam ver o circo pegar fogo. 

Houve um momento que o cronômetro dos dois jogos estavam praticamente iguais, onde até mesmo os acréscimos foram idênticos. 

Mas como todo sofrimento para Flamenguista é pouco, coube termos que acompanhar o VAR dando de forma certa o ar de sua graça na penúltima bola do campeonato anulando gol de Edenilson que estava impedido; e ainda um “tirambaço” para fora na última bola do Brasileirão 2020 de Lucas Ribeiro. 

A História devia ao Flamengo uma reparação a altura! 

Como o jogo do Flamengo terminou poucos minutos antes, nos restou passar pelo drama de ver o final da partida do Beira Rio, e ainda relembrar do já longínquo ano de 2012 quando após o fim da partida contra o Lanús pela libertadores da América, tivemos que acompanhar o finzinho do jogo entre Olímpia x Emelec onde fomos do céu ao inferno em pouquíssimos segundos. 

Relembre esse lastimável momento no vídeo abaixo. 

Depois desse drástico momento, a história nos devia uma reparação a altura e coube a colorados e corintianos nos dá esse presente, confirmando que mais do que nunca, a sorte esta do nosso lado.

Em entrevista logo após a confirmação do título ainda em campo, Bruno Henrique disse ao repórter Erick Farias da rede Globo; “A história não é como começa, a história é como termina”.

Mas apesar do atacante estar certo por ter se referido ao Flamengo dó ter liderado por 2 rodadas, sabemos que em pontos corridos toda a trajetória conta muito.

Cada ponto, cada gol, cada suor derramado, pois aquele pontinho que se deixou escapar em determinado momento ainda no começo da competição, pode ser justamente o que fará falta no final dela.

Nós do Redação Rubro-Negra resolvemos destacar onde para cada um foi o jogo mais importante dessa batalha chamada Campeonato Brasileiro.

Relembrem conosco onde foi “o jogo do campeonato” para cada um de nós pelo Brasileirão 2020. 

 

Anderson Silva (@andasilva2001)

“Por motivos óbvios, acho que vai ser inevitável a maioria de nós não escolher a partida contra o Internacional pela penúltima rodada do Brasileirão 2020.

Se a gente não tivesse vencido esse jogo provavelmente não estaríamos festejando o octacampeonato.  

O Flamengo deixaria de ser campeão por critérios de desempate como saldos de gol e tal.

Então acho que acabou sendo no final das contas o jogo mais importante, ainda mais por ter sido um campeonato com muitas oscilações para o Flamengo, assim fica difícil escolher um jogo isolado importantíssimo.  

Conseguíamos ganhar do Grêmio na arena de goleada, e logo depois perdíamos para o Fluminense no Maracanã.  

Por esses motivos o 2 a 1 em cima do Internacional na penúltima rodada fica sendo minha escolha” 

Felipe Suzano (@felipe.suzano)

“Na minha opinião o mais importante do Brasileirão 2020 foi contra o Internacional, ali garantimos o título. Porém aquela vitória contra o Palmeiras no segundo turno também não pode deixar de ser lembrada. Ali ganhamos mais fôlego para seguirmos vivos na briga do título.” 

Lucas Silva (@lucasmasilvaa)

“Flamengo x Palmeiras.

Jogo que trouxe a confiança de volta pro nosso time e pro torcedor. No meu entender, foi ali que o elenco se concentrou, se uniu, venceu o campeão da Libertadores jogando muito bem e percebemos que se jogássemos assim, ninguém nos seguraria. A raça que o time entrou em campo, a vontade dos jogadores, a seriedade que levaram esse jogo, sem gracinha, foi ali que o elenco se uniu, se abraçou em prol do Brasileirão 2020.”

Foi nesse jogo que surgiu o famoso “Si Nos Organizamos Cojemos Todos”

Brasileirão 2020 Flamengo 2 x 0 Palmeiras foi no dia 21/01/2021 na Arena Mané Garrincha pela 31° Rodada

Jerônimo Junior (@jeronimosjunior)

Flamengo 4×3 Bahia
 
Jogo em que perdemos Gabigol aos 9 do primeiro tempo, saímos na frente, o Bahia virou e no finalzinho do jogo conseguimos a vitória. Esse jogo deu um ar para Rogério Ceni se manter respirando no Flamengo e foi importante para lembrarmos do que nós éramos capazes.
 

Danielle Louise (@adaniellelouise)

Contra o Grêmio na Arena deles
 
4×3 contra o Bahia no Maracanã
 
O jogo contra o Grêmio era aquele que tínhamos que pontuar e que jogamos muito bem. Esse dia mostramos que ainda estávamos muito na briga. (Flamengo 4 x 2 Grêmio 28/01/2021 23° rodada)
 
O jogo contra o Bahia foi a virada da virada. Terminou com gol de Vitinho e ele foi decisivo para aqueles três pontos. Mas ninguém vai falar isso, ninguém vai reconhecer. Fora que esse jogo foi aquele que Gerson sofreu racismo e jogou melhor ainda depois 
 

João Marcelo (@argento_jm)

“Não tem como deixar passar o jogo contra o Inter. Pontos corridos acaba sendo o conjunto de tudo que se faz no campeonato, mas esse foi o jogo do Título do Brasileirão 2020.

Aquela Vitória contra o Palmeiras também tem seu destaque, mas o que me vem muita a cabeça é o jogo contra o Bahia.

Eu lembro de estar assistindo com meus pais, a gente com um a menos, levando dois gols do nosso carrasco Gilberto, o mesmo que meteu 3 ainda na era Jorge Jesus.

Depois de sairmos com 2 gols de vantagem deixamos virar. Lembro que quando o Vitinho estava se preparando para entrar eu virei para meu pai e disse que ele seria o nome do jogo. O Pedro iluminado deu aquela assistência surreal e o Vitinho fez o gol.
A casa veio abaixo. Eu acho que jogos assim fazem campeões.
Quando está tudo contra! Esse jogo me lembrou a partida de volta contra o Emelec onde estava tudo desfavorável por termos que virar, e aos trancos e barrancos levamos para os pênaltis. Isso acaba dando uma moral para o time. Então Flamengo e Bahia foi um desses jogos pois mostrou que o time tinha capacidade de reação. Tinha capacidade de chegar longe.
Se tivesse torcida no Maraca o estádio inteiro viria abaixo. 
 
Brasileirão 2020. Partida realizada no Maracanã no dia 20/12/2020 pela 26° rodada. 
 

Renata Rosa Graciano (@regraciano)

“Apesar de contra o Inter ter sido o jogo do título, sim, nós ganhamos o octa no Maracanã, não foi no Morumbi e muito menos no Beira Rio. Enfim, o jogo que vem a cabeça e que na minha opinião demonstrou toda nossa força e grandeza foi o 1×1 contra o Palmeiras, ainda no primeiro turno.

A situação era completamente adversa, mais da metade do time infectado, libera/não libera no STJD. E mesmo assim, nossos meninos entraram em campo e mostraram que nossa grandeza não está apenas nos craques milionários; nosso gigantismo está plantado em cada pé cultivado no Ninho, cada menino que sonha vestir o Manto e que naquele dia, se vestiu de vermelho e preto e foram muito maiores que qualquer hipocrisia. Assisti o jogo chorando de orgulho de ser Flamengo. O placar era, e foi, o que menos importou.”

Daniel Salles (@danielsallles)

“O jogo mais importante foi contra o Palmeiras, na casa deles no primeiro turno, depois do surto de Covid… 
Aquele 1 a 1 poderia ter sido uma vitória.
Jogamos muito!
Descobrimos bons jogadores na base, principalmente o Hugo, embora tenha falhado recentemente, garantiu muitos pontos para nós.
Arrascaeta exerceu uma liderança que até então não tinha demonstrado, no meio de tantos jovens, ele assumiu o protagonismo e nos ajudou bastante.”
 

Leonardo Monteiro (@leomonteirosrn)

“Divisor de águas

O jogo mais importante deveria ser o primeiro jogo do primeiro turno; um Flamengo que partia para cima do adversário Atlético Mineiro, que pressionava e dava sinais de que nos pés dos jogadores havia uma lembrança do futebol apresentado em 2019.
Mas com o decorrer do campeonato,  acompanhamos a involução do time, as contusões, o surto de covid e todas as incertezas; e ai surge o jogo contra o Palmeiras na Arena de grama plástica fabricada sob medida para as crianças do Palmeiras. 
 
Ali o Flamengo descobriu que Arrascaeta é um líder, que tinha zagueiros de ótimo potencial na categoria de base.
Ali o Flamengo também descobriu que no elenco tem um goleiro muito talentoso, ótimo potencial, que falhou em jogos importantes é verdade; mas ainda assim é muito melhor do que Cesar e Gabriel Batista. O goleiro em questão é Hugo Souza.
 
Existem vários motivos para se orgulhar do empate em 1 a 1 contra o Palmeiras, mas para mim o principal motivo foi perceber que a partir dali o elenco se mostrou grande e com muita qualidade, a partir daquele jogo o treinador pode perceber que poderia contar com mais guerreiros para a batalha chamada Brasileirão 2020.

Brasileirão 2020 Flamengo 1 x 1 Palmeiras aconteceu no Allianz Parque no dia 27/09/2021

Entraram como titulares nesse jogo:

Hugo Souza, Natan, Otávio, Ramon, João Lucas, Thiago Maia, Gerson, Arrascaeta, Pedro, Lincoln e Guilherme Bala. 

Entraram: Richard Rios, Lázaro e Yuri

Completaram o banco: João Fernando, Milani, Ítalo, Rhyan e Douglas. 

A temporada 2021 já iniciou, porem é sempre bom relembrar bons momentos e principalmente momentos históricos.

O Flamengo vem iniciando uma dinastia, mostrando ser necessário o pé no chão, muito trabalho, mas também ousadia.

A temporada não será muito diferente da anterior pois continuamos vivendo momentos terríveis como sociedade devido a pandemia.

É torcer para que as coisas comecem a se encaminhar para o país sair desse buraco que se encontra, sempre com muito respeito a todos que perderam um ente querido.

O Brasileirão 2020 fica para história. Agora é hora de começar a contar um novo capitulo. Que venha a temporada 2021.

Ouçam também nosso podcast falando sobre o octacampeonato. O último episódio da temporada trás uma analise “com muito clubismo” de como foram os segundos finais daquela quinta feira que jamais sairá da cabeça de quem torce para o Flamengo.

É clicar aqui, e se reconhecer em um programa que foi feito pensando em quem tem sangue Rubro-Negro.

Redação Rubro-Negra, um projeto feito por torcedores, para torcedores.

Estou no twitter como @rmulocunha

Está Gostando do Conteúdo ? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leitura Recomendada