Apagão nos pênaltis: Athletico sai na frente e Fla é eliminado da Copa do Brasil

Em noite de total decepção para os Rubro-Negros, o Flamengo não consegue vencer o Furacão e deixa escapar vaga na semifinal da competição nacional

0
97
Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Flamengo e Athletico Paranaense se enfrentaram na noite desta quarta (17), no Maracanã, em busca de uma vaga nas semifinais da Copa do Brasil 2019. Para ambos os times, apenas a vitória interessava, uma vez que no jogo de ida, na Arena da Baixada, as duas equipes saíram empatadas em 1 a 1. Caso o placar se igualasse novamente, a decisão iria para os pênaltis. E assim aconteceu: no tempo normal, 1 a 1. Mesmo jogando em casa e tendo a vantagem de quase 70 mil torcedores, o Rubro-Negro não conseguiu bater o Furacão que, nos pênaltis, acabou tirando as chances do Fla de seguir na luta pelo tetracampeonato.

PRIMEIRO TEMPO

O começo de jogo no Maracanã foi bem dinâmico e quente em relação ao ritmo que as duas equipes davam na partida. A primeira chance do Fla veio aos 7′ com Arrascaeta, que cabeceou nos braços de Santos. Mas, o meia uruguaio sentiu a coxa direita logo depois e foi substituído por Vitinho. O goleiro do Furacão foi acionado algumas vezes,  quando o Fla chegou perigosamente com passes de Gabigol, Rafinha e finalizações quase certeiras de Lincoln. Até aqui, o Flamengo possuía a maior parte da posse de bola, pressionando o Athletico em sua defesa que, por sua vez, não demonstrava a ousadia em sair para jogo como na primeira partida.

Já na segunda metade dos primeiros 45′ e após saída de Arrascaeta, Vitinho não se encaixava na partida e o Fla ia perdendo a intensidade que mostrou no começo, dando chances ao Athletico que começou a querer mudar a cara do jogo, investindo mais na saída de bola que, até então, era nula. Já no final, a partida começou a esquentar e o jogo foi ficando mais pegado. A equipe de arbitragem, por sua vez, não foi bem aclamada pela torcida e pelos jogadores após o apito final desse primeiro tempo.

Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

SEGUNDO TEMPO
O jogo recomeçou com a mesma pegada que terminou o primeiro tempo. O Fla já não chegava com tanta força no ataque do Furacão porque o Athletico, já no final dos primeiros 45′, já estava conseguindo respirar e empurrar o Rubro-Negro de volta para o meio campo. Depois de um começo lá e cá, Gabigol abriu o placar aos 17′ após toque de Vitinho para Éverton, que deixou para o camisa 9 marcar. A torcida imediatamente voltou a cantar. Após a entrada de Berrío, ficou nítido que o Fla ganhou mais mobilidade e voltou, aos poucos, a recuperar o ritmo que tinha imposto no primeiro tempo.

No entanto, em uma jogada muito rápida de contra-ataque, o Athletico avançou com Rony que sobrou cara a cara com Diego e marcando o gol de empate do Furacão. Depois de marcar o segundo gol do jogo, o Athletico retomou o gás que colocou no fim do primeiro tempo e voltou a pressionar o Fla, que chamava o Furacão para o seu campo. Os últimos minutos de jogo foram de arrancar o fôlego dos torcedores pela pressão nos dois lados. Mas, a partida acabou empatada novamente em 1 a 1 no tempo normal e a decisão seguiu para as penalidades.

PENALIDADES ( Flamengo 1 x 3 Athletico Paranaense)
– Flamengo:
– Acertos: Cuéllar
– Erros: Diego; Vitinho; Éverton Ribeiro

– Athletico Paranaense:
– Acertos: Jonathan; Lucho González; Bruno Guimarães
– Erros: Bruno Nazário

PRÓXIMOS CONFRONTOS
O Flamengo volta a campo no próximo domingo (21), pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida é contra o Corinthians, em São Paulo, às 16h. Já pela Libertadores, o Fla vai à Equador na próxima quarta (24) para enfrentar o Emelec pela 7ª rodada da Libertadores 2019, às 21h30.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here