Futebol Profissional

” A torcida do Flamengo me chama de assassino até hoje “. afirma Edmundo!

Edmundo

Hoje no programa Expediente Futebol Clube da emissora Fox Sports, o comentarista Edmundo se emocionou.

Tudo começou quando no programa apresentado por João Guilherme, os comentaristas Leandro Quesada e Paulo Lima, divergiram sobre a postura do arbitro que deu cartão amarelo no craque Neymar do Paris Saint-Gemain, para Quesada o ato do juiz foi abusivo, puniu o futebol e quis aparecer utilizando-se do nome de Neymar.

Para Paulo Lima, o juiz agiu corretamente pois para ele Neymar usou o artificio para provocar o adversário, foi advertido pelo arbitro e o ofendeu justificando a punição.

“Cobram dos jogadores de futebol a educação que o país não da”

Neste Momento Edmundo se pronunciou, falou que cobram dos jogadores de futebol a educação que o país não fornece, disse que Neymar jogou futebol, apenas isso e por isso não deveria ser punido.

Edmundo foi além, disse que a imprensa brasileira persegue os jogadores, e comparou a trágédia acontecida no Ninho do Urubu com o acidente de carro que sofreu em 1995 resultando na morte de duas pessoas.

Edmundo disse ” eu sou a anos chamado de assassino pela torcida do Flamengo, ai a torcida do Fluminense canta time de assassinos e é repreendida pela imprensa“.

Edmundo reclamou, dizendo que nunca viu um profissional de imprensa o defender das acusações que ele afirma sofrer da torcida do Flamengo, mas que todos os dias vê jornalistas defender o Flamengo em relação aos cânticos da torcida tricolor.

Siga nossas redes

Instagran   Twitter  Facebook