Departamento de análise de desempenho e o técnico Rogério Ceni (Foto: Divulgação / Fortaleza EC)

O setor de análise de desempenho do Fortaleza é responsável por avaliar os atletas do clube, possíveis contratações, observar os adversários da equipe, dentre outras coisas. Leandro Costa, líder da equipe, que trabalhava diretamente com o técnico Rogério Ceni, deixa o Fortaleza rumo ao Flamengo.

O técnico, quando ainda estava no Pici, aproveitava as informações para estudar as melhores opções em campo e estilo de jogo. Em maio deste ano, Leandro Costa chegou a comentar sobre a parceria com o treinador.

— O Rogério (Ceni) nos ajudou muito na estruturação do departamento, desde que ele chegou, sempre nos deu carta branca e pediu nossas opiniões. É constante a troca de conhecimento entre a gente, é um cara muito aberto para isso, desde questão de adversário até a melhor escolha possível dentro de uma contratação. Então ele deu uma legitimidade maior para o nosso departamento, além da confiança que tivemos a oportunidade de ter e passar para os demais membros da comissão técnica e para diretoria – destacou.

Ele chega ao Flamengo como uma indicação de Rogério Ceni. No Centro de Inteligência do Fortaleza Esporte Clube (CIFEC), Leandro conquistou o título da Série B do Brasileiro (e o acesso à Série A), em 2018, dois títulos do Cearense (2019 e 2020) e o título da Copa do Nordeste (2019). O CIFEC foi criado em 2016, quando Jorge Mota era presidente, Marcelo Paz (atual presidente) era diretor de futebol, e a diretoria tinha Ênio Mourão e Evangelista Torquato. Leandro Costa trabalhava ao lado de Rafael Silva.

Em 2018, na conquista do título da Série B, os analistas utilizam vários equipamentos, e o clube investiu e adquiriu um drone, com o qual captava imagens aéreas dos treinos no CT Ribamar Bezerra e no Alcides Santos.

— O Leandro criou uma base de dados de jogadores, com características, estatísticas dos mesmos e nós apresentamos ao Rogério para ele decidir com a diretoria a contratação ou não dos mesmos, no início da temporada – afirmou Rafael Silva, ao Jornal Diário do Nordeste à época.

Foram filmados 215 treinamentos e 56 jogos do Leão. Pela boa atuação em 2019, o departamento de análise de desempenho do Fortaleza concorreu ao prêmio CONAFUT 2020.

Veja também: Flamengo divulga relacionados com Éverton Ribeiro e Isla para enfrentar o São Paulo; confira