O Flamengo eSports está na final do Campeonato Brasileiro de League of Legends! Com uma vitória de 3×0 na melhor de 5 em cima da Furia Upperct, o rubro-negro decolou o voo com destino ao lugar máximo do torneio nacional.

Primeiro jogo – Flamengo 1×0 Furia

Escalação: WooFe de Vladimir, Ranger de Graves, Goku de Jayce, Absolut de Aphelios e Jojo de Thresh.

Começo com muito farm para as duas equipes e, o primeiro dragão, infernal, ficou para a Furia que obteve a vantagem das rotas, bem como o primeiro arauto. O first blood veio, também, para a equipe da Furia, com um abate pra cima do atirador flamenguista. O Flamengo respondeu com um double kill na mão do caçador. As lutas começaram as ascender e, em uma batalha pelo segundo dragão, das nuvens, o Flamengo, apesar de perder o objetivo, ganhou três abates na mão do top laner.

Após essas kills, o Flamengo cresceu no jogo, conseguiu o segundo arauto e levou a primeira e metade da segunda torre da rota superior. O primeiro dragão da montanha pros rubro-negros veio depois de uma teamfight que deixou uma morte para cada equipe e, como as rotas estavam puxando para o Flamengo, foi fácil resgatar o objetivo.

Mais um dragão vestiu o manto flamenguista e o Flamengo dominou o mapa com todas as rotas avançadas. O time da Furia obteve o bônus do Barão, mas a resposta rubro-negra veio com três abates. A um passo da alma da montanha, o Flamengo perdeu dois jogadores na rota do meio, mas virou a luta e conseguiu matar todos da Furia. Com esse ace, os flamenguistas abriram a base inimiga.

A Furia começou a lutar melhor, conseguiu mais um barão, mas o Flamengo eSports ainda possuía as melhores vantagens, como a alma da montanha e campeões fortes de fim de jogo. Um erro do time da Furia determinou a vitória do Flamengo na primeira partida: a equipe furiosa se emocionou ao obter o terceiro Barão e deixaram o mid laner flamenguista sozinho na base. GGWP Flamengo eSports!

Segundo jogo – Flamengo 2 x 0 Furia

Escalação: WooFe de Lucian, Ranger de Elise, Goku de Ekko, Absolut de Kalista e Jojo de Taric.

O first blood não demorou muito e a equipe do Flamengo abriu o placar com o abate nas mãos do top laner. Com esse bom início, o primeiro dragão, do oceano, ficou para os rubro-negros. Em um gank também na rota superior, mais uma kill garantida para os flamenguistas. A movimentação passou para o arauto, que foi do Flamengo, mas a Furia abateu dos jogadores.

O segundo dragão, das nuvens, quase foi roubado, mas o caçador flamenguista segurou o objetivo para o seu time. O mid laner adversário pegou o top laner rubro-negro sozinho e ganhou mais uma kill. Depois do arauto conquistado, o Flamengo o soltou na rota do meio e, além de dizimarem a torre 1 e 2, explodiram o time inimigo com mais dois abates.

O terceiro dragão, da montanha, vestiu o manto da Furia, que estava jogando em ritmo legal, mas em compensação, o Flamengo seguiu levando as torres da rota superior e inferior. Já o quarto dragão, o Flamengo não abdicou, assim como o Barão que foi feito rapidamente pelos rubro-negros.

Com o mapa todo a seu favor e dominando todo o jogo, o Flamengo levou a base da equipe inimiga e, sem forças, a Furia perdeu o segundo jogo. GGWP Flamengo eSports!

Terceiro jogo – Flamengo 3 x 0 Furia

Escalação: WooFe de Neeko, Ranger de Lee Sin, Goku de Rumble, Absolut de Kalista e Jojo de Taric.

A Furia começou a partida pressionando as rotas, mas um bom gank do mid laner flamenguista garantiu três abates e o adversário apenas um. A tentativa de obter o primeiro arauto foi tranquila para os rubro-negros, que levaram a primeira e quase a segunda torre da rota superior.

Enquanto o Flamengo luta bastante, a Furia, estável, conseguiu o primeiro dragão, da montanha. Em uma teamfight para não deixar os adversário pegarem o segundo dragão, os flamenguistas conquistaram apenas um abate, enquanto a Furia ganhou uma kill e o dragão infernal.

A crescente da Furia fez o Flamengo contestar o próximo dragão, da montanha, mas o resultado foi todo para o adversário. Além do objetivo, levaram abates, a dominação do mapa e de todas as rotas. O Flamengo respondeu evitando que o time inimigo fizesse o Barão e, depois, a Furia não conseguiu fazer o mesmo. Com mais três dragões do oceano rushados para os flamenguistas, a base adversária foi punida e o time carioca voltou a crescer na partida.

Com jogadas decisivas como iniciar uma teamfight e deixar a equipe inimiga desfalcada, o Flamengo garantiu mais um barão e a alma do oceano. A Furia, incapaz de se colocar no jogo novamente, teve a base destruída e GGWP Flamengo eSports!